Campeonato Gaúcho de Futebol

Curiosidades, campeões e história do Campeonato Estadual do Rio Grande do Sul.

Futebol

Campeonato Gaúcho de Futebol

Quem é o maior campeão estadual do Rio Grande do Sul? Qual clube tem mais títulos estaduais do Campeonato Gaúcho? Confira nesta página!



História do Campeonato Gaúcho
O Campeonato Gaúcho de Futebol é a principal competição de futebol do estado do Rio Grande do Sul. Organizado pela Federação Gaúcha de Futebol (FGF), o Campeonato Gaúcho é disputado desde 1919. Desde então, o Campeonato Gaúcho só não foi realizado em 1923 e em 1924, devido à Revolução Federalista. O Campeonato Gaúcho de Futebol também é conhecido como Gauchão.

A primeira edição do Campeonato Gaúcho foi vencida pelo Brasil de Pelotas em 1919. Já a primeira edição após a unificação foi vencida pela Internacional em 1961.

O Campeonato Gaúcho foi disputado até 1960 no sistema regionalizado. Os participantes eram selecionados através de campeonatos municipais ou regionais. Basicamente, participavam apenas o campeão da capital gaúcha, Porto Alegre, e um número variável de outros clubes representantes de regiões do Rio Grande do Sul. Por este motivo até a fase unificada não houve mais de um representante da capital disputando o Campeonato Gaúcho.

Na última edição regionalizada, por exemplo, o Grêmio (Campeão da Região Metropolitana), disputou o campeonato com mais três equipes: o 14 de Julho (Campeão da Região Fronteira), o Nacional (Campeão da Região Serra) e o Pelotas (Campeão da Região Litoral). O clube da capital venceu o quadrangular disputado em turno e returno e se tornou Campeonato Gaúcho de 1960. No ano seguinte, na primeira edição unificada, doze equipes (sendo quatro da capital) disputaram o Campeonato Gaúcho. As doze equipes se enfrentam em turno e returno. O Inter se sagrou campeão desta edição do Gauchão.

Divisões e clubes do Campeonato Gaúcho
Atualmente, o Campeonato Gaúcho é disputado por 40 equipes em três divisões entre janeiro e abril (1ª Divisão), entre fevereiro e maio (Divisão de Acesso) e entre março a julho (2ª Divisão). A 1ª Divisão tem 12 clubes; enquanto a Divisão de Acesso é disputada por 16 clubes e a 2ª Divisão tem 12 clubes.

O Campeonato Gaúcho em que a Segunda Divisão tem outros nomes, o que faz com que em alguns estados a 3ª Divisão de fato fossem nomeadas como "Segunda Divisão". No Campeonato Gaúcho, a Segunda Divisão é atualmente chamada de Divisão de Acesso, enquanto a 3ª Divisão é chamada de 2ª Divisão.

Promoção e Rebaixamento do Campeonato Gaúcho
Geralmente, dois clubes são rebaixados da 1ª Divisão para a Divisão de Acesso do ano seguinte; dois clubes são promovidos da Divisão de Acesso para a 1ª Divisão e dois clubes são rebaixados da Divisão de Acesso para a 2ª Divisão do ano seguinte; e Dois clubes são promovidos da 2ª Divisão para a Divisão de Acesso do ano seguinte.

Divisão - Promovidos - Rebaixados
1ª Divisão - Nenhum - 2
Divisão de Acesso - 2 - 2
2ª Divisão - 2 - Nenhum

Vagas para a Copa do Brasil e Série D do Campeonato Brasileiro através do Campeonato Gaúcho
O Estado do Rio Grande do Sul é o atual 4º colocado no Ranking Nacional das Federações (RNF) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), entre as 27 unidades federativas do Brasil. Esta posição possibilita à Federação Gaúcho de Futebol distribuir quatro vagas para a Copa do Brasil e três vagas para a Série D do Campeonato Brasileiro. Os dados do RNF são de dezembro de 2019.

Maiores campeões estaduais do Campeonato Gaúcho

Qual é o maior clube campeão estadual do Rio Grande do Sul? O Internacional é o recordista de títulos do Campeonato Gaúcho com 45 títulos, seguido do Grêmio com 38 títulos. Estes dois clubes detêm juntos 83 títulos Gaúchos de 99 títulos disputados entre 1919 a 2019. Depois da fase unificada (a partir de 1961) apenas o Juventude (em 1998), o Caxias (em 2000) e o Novo Hamburgo (em 2017) tiraram o título de campeão gaúcho da dupla Grenal.

A capital do estado, Porto Alegre, é a cidade com mais títulos do Campeonato Gaúcho, com 85 títulos, seguida de Bagé, Pelotas e Rio Grande com três títulos cada. A capital detém 85 títulos Gaúchos de 99 títulos disputados entre 1919 a 2019. Depois da fase unificada (a partir de 1961) apenas os clubes de Caxias do Sul (em 1998 e em 2000) e de Novo Hamburgo (em 2017) tiraram o título de campeão gaúcho da dupla Grenal.

Veja abaixo a lista dos campeões Gaúchos de futebol. Estão incluídos os campeões da Primeira Divisão do Rio Grande do Sul. Não estão incluídas nesta lista os campeões de turnos, campeonatos de divisões inferiores, torneios extras e campeonatos de amadores, aspirantes e juvenis deste estado.

Campeões do Campeonato Gaúcho
Ano - Campeão - Vice
1919 - Brasil de Pelotas - Grêmio
1920 - Guarany de Bagé - Grêmio
1921 - Grêmio - Riograndense de Santa Maria
1922 - Grêmio - Guarani de Alegrete
1923 - Não houve
1924 - Não houve
1925 - Bagé - Grêmio
1926 - Grêmio - Guarany de Bagé
1927 - Internacional - Bagé
1928 - Americano - Bagé
1929 - Cruzeiro - Guarany de Bagé
1930 - Pelotas - Grêmio
1931 - Grêmio - Guarani de Alegrete
1932 - Grêmio - Pelotas
1933 - São Paulo-RS - Grêmio
1934 - Internacional - 9º Regimento da Infantaria
1935 - 9º Regimento da Infantaria - Grêmio
1936 - Rio Grande - Internacional
1937 - Grêmio Santanense - Riograndense
1938 - Guarany de Bagé - Riograndense
1939 - Riograndense - Grêmio Santanense
1940 - Internacional - Bagé
1941 - Internacional - Rio Grande
1942 - Internacional - Floriano
1943 - Internacional - Guarani (Cachoeira)
1944 - Internacional - Bagé
1945 - Internacional - Pelotas
1946 - Grêmio - Riograndense
1947 - Internacional - Floriano
1948 - Internacional - Grêmio Santanense
1949 - Grêmio - Floriano
1950 - Internacional - Floriano
1951 - Internacional - Pelotas
1952 - Internacional - Floriano
1953 - Internacional - Brasil de Pelotas
1954 - Renner - Brasil de Pelotas
1955 - Internacional - Brasil de Pelotas
1956 - Grêmio - Pelotas
1957 - Grêmio - Bagé
1958 - Grêmio - Guarany de Bagé
1959 - Grêmio - Farroupilha
1960 - Grêmio - Pelotas
1961 - Internacional - Grêmio
1962 - Grêmio - Internacional
1963 - Grêmio - Internacional
1964 - Grêmio - Internacional
1965 - Grêmio - Juventude
1966 - Grêmio - Internacional
1967 - Grêmio - Internacional
1968 - Grêmio - Internacional
1969 - Internacional - Grêmio
1970 - Internacional - Grêmio
1971 - Internacional - Grêmio
1972 - Internacional - Grêmio
1973 - Internacional - Grêmio
1974 - Internacional - Grêmio
1975 - Internacional - Grêmio
1976 - Internacional - Grêmio
1977 - Grêmio - Internacional
1978 - Internacional - Grêmio
1979 - Grêmio - Esportivo
1980 - Grêmio - Internacional
1981 - Internacional - Grêmio
1982 - Internacional - Grêmio
1983 - Internacional - Brasil de Pelotas
1984 - Internacional - Grêmio
1985 - Grêmio - Internacional
1986 - Grêmio - Internacional
1987 - Grêmio - Internacional
1988 - Grêmio - Internacional
1989 - Grêmio - Internacional
1990 - Grêmio - Caxias
1991 - Internacional - Grêmio
1992 - Internacional - Grêmio
1993 - Grêmio - Internacional
1994 - Internacional - Juventude
1995 - Grêmio - Internacional
1996 - Grêmio - Juventude
1997 - Internacional - Grêmio
1998 - Juventude - Internacional
1999 - Grêmio - Internacional
2000 - Caxias - Grêmio
2001 - Grêmio - Juventude
2002 - Internacional - 15 de Novembro
2003 - Internacional - 15 de Novembro
2004 - Internacional - Ulbra
2005 - Internacional - 15 de Novembro
2006 - Grêmio - Internacional
2007 - Grêmio - Juventude
2008 - Internacional - Juventude
2009 - Internacional - Caxias
2010 - Grêmio - Internacional
2011 - Internacional - Grêmio
2012 - Internacional - Caxias
2013 - Internacional - Lajeadense
2014 - Internacional - Grêmio
2015 - Internacional - Grêmio
2016 - Internacional - Juventude
2017 - Novo Hamburgo - Internacional
2018 - Grêmio - Brasil de Pelotas
2019 - Grêmio - Internacional
2020 -

Clubes Campeões do Campeonato Gaúcho
Clube - Cidade - Títulos estaduais do Rio Grande do Sul (anos)
Internacional - Porto Alegre - 45 (1927, 1934, 1940, 1941, 1942, 1943, 1944, 1945, 1947, 1948, 1950, 1951, 1952, 1953, 1955, 1961, 1969, 1970, 1971, 1972, 1973, 1974, 1975, 1976, 1978, 1981, 1982, 1983, 1984, 1991, 1992, 1994, 1997, 2002, 2003, 2004, 2005, 2008, 2009, 2011, 2012, 2013, 2014, 2015 e 2016)
Grêmio - Porto Alegre - 38 (1921, 1922, 1926, 1931, 1932, 1946, 1949, 1956, 1957, 1958, 1959, 1960, 1962, 1963, 1964, 1965, 1966, 1967, 1968, 1977, 1979, 1980, 1985, 1986, 1987, 1988, 1989, 1990, 1993, 1995, 1996, 1999, 2001, 2006, 2007, 2010, 2018 e 2019)
Guarany de Bagé - Bagé - 2 (1920 e 1938)
Juventude - Caxias do Sul - 1 (1998)
Brasil de Pelotas - Pelotas - 1 (1919)
Pelotas - Pelotas - 1 (1930)
Novo Hamburgo - Novo Hamburgo - 1 (2017)
Bagé - Bagé - 1 (1925)
Rio-Grandense - Rio Grande - 1 (1939)
Farroupilha - Pelotas - 1 (1935*)
Caxias - Caxias do Sul - 1 (2000)
Grêmio Santanense - Santana do Livramento - 1 (1937)
Rio Grande - Rio Grande - 1 (1936)
Americano - Porto Alegre - 1 (1928)
Cruzeiro - Porto Alegre - 1 (1929)
Renner - Porto Alegre - 1 (1954)
São Paulo - Rio Grande - 1 (1933)

* O Grêmio Atlético Farroupilha foi campeão gaúcho com o nome de Grêmio Atlético 9º Regimento da Infantaria.

Cidades com mais títulos do Campeonato Gaúcho
Cidade - Títulos estaduais do Rio Grande do Sul (anos)
Porto Alegre - 85
Pelotas - 3
Bagé - 3
Rio Grande - 3
Caxias do Sul - 2
Santana do Livramento - 1
Novo Hamburgo - 1

Campeões consecutivos do Campeonato Gaúcho

Veja a lista dos campeões consecutivos do Campeonato Gaúcho.

Octacampeonatos
Internacional: 1 vez, em 1976.

Heptacampeonatos
Grêmio: 1 vez, em 1968.
Internacional: 1 vez, em 1975.

Hexacampeonatos
Internacional: 3 vezes, em 1945, 1974 e 2016.
Grêmio: 2 vezes, em 1967 e 1990.

Pentacampeonatos
Grêmio: 3 vezes, em 1960, 1966 e 1989.
Internacional: 3 vezes, em 1944, 1973 e 2015.

Tetracampeonatos
Internacional: 6 vezes em 1943, 1953, 1972, 1984, 2005 e 2014.
Grêmio: 3 vezes, em 1959, 1965 e 1988.

Tricampeonatos
Internacional: 6 vezes em 1942, 1952, 1971, 1983, 2004 e 2013.
Grêmio: 3 vezes, em 1958, 1964 e 1987.

Bicampeonatos
Internacional: 9 vezes em 1941, 1948, 1951, 1970, 1982, 1992, 2003, 2009 e 2012)
Grêmio: 9 vezes, 1922, 1932, 1957, 1963, 1980, 1986, 1996, 2007 e 2019)

Maiores jejuns do Campeonato Gaúcho
Nos esportes, um jejum refere-se a casos em que um indivíduo ou uma equipe passou por um longo período de tempo sem atingir algum objetivo. Para uma equipe, isso geralmente se refere a um período prolongado de tempo sem ganhar um campeonato. Os jejuns ocorrem por várias razões, desde má administração até má sorte. Alguns jejuns também são popularmente atribuídos a uma maldição. Em inglês é usado o termo drought ou drouth (seca) para esta situação.

Veja abaixo os jejuns de títulos dos clubes Gaúchos na Primeira Divisão do Campeonato Estadual do Rio Grande do Sul (até 2020).

Clube - Anos sem vencer o Estadual - Último título estadual
Grêmio - 1 ano - 2019
Novo Hamburgo - 3 anos - 2017
Internacional - 4 anos - 2016
Caxias - 20 anos - 2000
Juventude - 22 anos - 1998
Renner - 66 anos - 1954
Rio-Grandense - 81 anos - 1939
Guarany de Bagé - 82 anos - 1938
Grêmio Santanense - 83 anos - 1937
Rio Grande - 84 anos - 1936
Farroupilha - 85 anos - 1935
São Paulo - 87 anos - 1933
Pelotas - 90 anos - 1930
Cruzeiro - 91 anos - 1929
Americano - 92 anos - 1928
Bagé - 95 anos - 1925
Brasil de Pelotas - 101 anos - 1919

Artilheiros do Campeonato Gaúcho

Ano - Artilheiro - Clube - Gols
1919 - Proença - Brasil de Pelotas - 3
1920 - Grecco - Guarany de Bagé - 2
1921 - Mosquito - Riograndense de Santa Maria - 2
1922 - Lagarto - Grêmio - 5
1923 - Não houve
1924 - Não houve
1925 - Pascoalito - Bagé -
1926 - Coró - Grêmio-
1927 - Barros - Internacional -
1928 - Joãozinho - Americano -
1929 - Nestor - Cruzeiro -
1930 - Marcial - Pelotas -
1931 - Artigas Pérez - Grêmio - 3
1932 - Artigas Pérez - Grêmio -
1933 - Nenê - Grêmio - 4
1934 - Tupan - Internacional - 4
1935 - Russinho - Grêmio - 7
1936 - Oscar - Novo Hamburgo - 7
1937 - Hortêncio Souza eTom Mix - Grêmio Santanense -
1938 - Picão - Guarany de Bagé -
1939 - Carruíra e Chinês - Riograndense -
1940 - Marques - Internacional -
1941 - José Villalba - Internacional -
1942 - José Villalba - Internacional -
1943 - Tesourinha - Internacional -
1944 - Xinxim - Internacional -
1945 - Tesourinha - Internacional -
1946 - Cordeiro e Hélio - Grêmio -
1947 - Carlitos - Internacional -
1948 - Ghizzoni - Internacional - 5
1949 - Geada e Hermes - Grêmio -
1950 - Ênio Andrade - Internacional - 3
1951 - Canhotinho - Internacional -
1952 - Bodinho - Internacional - 4
1953 - Luizinho, Canhotinho e Bodinho - Internacional -
1954 - Breno Mello - Renner - 3
1955 - Larry - Internacional -
1956 - Gessy - Grêmio -
1957 - Cabral - Bagé e Hercílio e Toquinho - Grêmio - 2
1958 - Max - Guarany de Bagé e Milton Kuelle e Giovani - Grêmio - 2
1959 - Juarez e Gessy - Grêmio -
1960 - Gessy - Grêmio -
1961 - Sapiranga - Internacional - 16
1962 - Paulo Lumumba - Grêmio e Geovani - Novo Hamburgo - 11
1963 - Marino - Grêmio - 18
1964 - Oli - Aimoré - 14
1965 - Alcindo - Grêmio - 21
1966 - Sapiranga - Novo Hamburgo - 13
1967 - Nico - Rio-Grandense-RG - 17
1968 - Alcindo - Grêmio - 12
1969 - Paraguaio - Cruzeiro-RS - 8
1970 - Claudiomiro - Internacional - 10
1971 - Valdomiro - Internacional e Décio - Esportivo - 11
1972 - Claudiomiro - Internacional - 13
1973 - Bebeto - Gaúcho - 13
1974 - Escurinho - Internacional - 11
1975 - Tarciso - Grêmio e Bebeto - Gaúcho - 13
1976 - Alcindo - Grêmio - 17
1977 - Flávio - Pelotas e Luís Freire - Esportivo - 13
1978 - Valdomiro e Jair - Internacional - 15
1979 - Jair - Internacional - 24
1980 - Baltazar - Grêmio - 28
1981 - Baltazar - Grêmio - 20
1982 - Geraldão - Internacional - 20
1983 - Kita - Juventude - 15
1984 - Ademir Alcântara - Pelotas - 21
1985 - Caio Júnior - Grêmio e Tita - Internacional - 10
1986 - Balalo - Internacional - 14
1987 - Amarildo - Internacional - 17
1988 - Lima - Grêmio - 10
1989 - Caio - Juventude - 10
1990 - Nílson - Grêmio - 22
1991 - Gélson - Lajeadense - 17
1992 - Gílson - Brasil de Pelotas - 13
1993 - Mauro - Grêmio Santanense - 19
1994 - Paulo Gaúcho - Ypiranga de Erechim - 24
1995 - Ailton - Ypiranga de Erechim - 16
1996 - Sandro Pires - Ypiranga de Erechim - 16
1997 - Marcus Vinícius - Guarani-VA - 27
1998 - Badico - Internacional-SM - 17
1999 - Ronaldinho Gaúcho - Grêmio - 15
2000 - Felipe - Passo Fundo - 13
2001 - Chiquinho - São José-RS - 15
2002 - Sandro Sotilli - 15 de Novembro - 21
2003 - Flávio - Pelotas - 18
2004 - Sandro Sotilli - Glória - 27
2005 - Felipe - Passo Fundo - 10
2006 - Giancarlo - Novo Hamburgo - 14
2007 - Vítor Hugo - Veranópolis - 13
2008 - Alex - Internacional e Mendes - Juventude - 13
2009 - Taison - Internacional - 15
2010 - Jefferson - São José-RS - 13
2011 - Leandro Damião - Internacional - 17
2012 - Leandro Damião - Internacional - 11
2013 - Diego Forlán - Internacional - 9
2014 - Hernán Barcos - Grêmio - 13
2015 - Michel - Passo Fundo - 11
2016 - Heliardo - São José-RS - 8
2017 - Miller Bolaños - Grêmio e Brenner - Internacional - 7 2018 - Michel - São Luiz - 8
2019 - Marcão - São Luiz e Rafael Gava - Caxias - 6
2020 -

Curiosidades do Campeonato Gaúcho

• O Internacional é o único octacampeão gaúcho. O clube colorado venceu o octacampeonato (oito vezes seguidas) gaúcho de 1969 a 1976. O Grêmio foi heptacampeão (sete vezes seguidas) ao ganhar o título gaúcho de 1962 a 1968.

• A maior goleada do Campeonato Gaúcho ocorreu em 23 de maio de 1976, quando o Internacional venceu por 14 a 0 Esporte Clube Ferro Carril de Uruguaiana.

• Em apenas duas edições, em 1937 e em 1939, o Campeonato Gaúcho não teve nenhum representante de Porto Alegre. A capital estadual ficou de fora do Campeonato Gaúcho de 1937 porque Grêmio e Internacional, assim como alguns clubes da capital decidiram romper com a associação Metropolitana Gaúcha de Esportes Atléticos (AMGEA) numa tentativa de profissionalizar o futebol gaúcho. Americano e Porto Alegre participaram da seletiva da Região Centro, mas quem foi classificado para disputar o campeonato Gaúcho foi o Novo Hamburgo, que acabou deixando Porto Alegre sem representantes no estadual. Em 1939, o Campeonato Citadino de Porto Alegre só terminou em fevereiro de 1940 e, mais uma vez, a capital ficou sem representantes no Campeonato Gaúcho.

• O Campeonato Gaúcho não contou com nenhum representante da dupla Grenal em quatro oportunidades. Em 1928 o Sport Club Americano venceu o Campeonato Citadino de Porto Alegre e representou a capital no Campeonato Gaúcho daquele ano. Em 1937 a dupla Grenal boicotou o campeonato na tentativa de torná-lo profissional. Dois anos depois os dois gigantes não participaram porque o Campeonato Citadino de Porto Alegre não havia sido concluído a tempo. Em 1954, o Grêmio Esportivo Renner venceu o Campeonato Citadino de Porto Alegre daquele ano e, assim como o Americano, representou a capital no Gauchão. Os dois clubes representaram bem Porto Alegre, já que foram campeões estaduais nos anos que deixaram a dupla grenal de fora do campeonato.

• A conquista do Gauchão de 1954 pelo Renner de Porto Alegre contou com a presença de grandes personalidades do futebol. O renomado treinador Ênio Andrade, que na época atuava como meio-campista e Valdir de Moraes considerado um dos maiores goleiros do Palmeiras de todos os tempos. A façanha do Renner no título inédito do Campeonato Gaúcho foi a última de um clube fora da dupla grenal por um período de 44 anos. Somente em 1998, com a conquista do estadual pelo Juventude, que um time levantaria o título gaúcho sem ser o Grêmio ou o Internacional.

• Desde 1954 que a dupla Grenal não fica de fora dos dois primeiros lugares do Campeonato Gaúcho. Com exceção dos campeonatos regionalizados e que não contaram com a participação de Inter e Grêmio, nenhum campeonato gaúcho terminou sem pelo menos um desses dois clubes em primeiro ou em segundo lugar.

• Até a edição de 1960, o Campeonato Gaúcho foi disputado de forma regionalizado. Cada região do estado destinava um participante para o estadual do Rio Grande do Sul através de campeonatos regionais ou citadinos. Com isso não houve mais de um representante de Porto Alegre no estadual durante a fase regionalizada.

• A partir de 1961, com a unificação do estadual e com a inclusão de mais clubes com um sistema de promoção e rebaixamento independente da localização, em apenas três oportunidades a dupla grenal não foi campeã gaúcha. Juventude, em 1998; Caxias, em 2000; e o Novo Hamburgo, em 2017, são os únicos campeões gaúchos fora da dupla Grenal após a unificação do estadual do Rio Grande do Sul.

• De 1966 a 1978, Grêmio e Internacional ficaram em primeiro e em segundo lugares sem que outro clube ficasse entre os dois primeiros lugares. Neste período, o Inter foi campeão nove vezes e o Grêmio foi campeão quatro vezes. Quando um foi campeão o outro foi vice-campeão durante estas 13 edições.

• O Campeonato do Interior Gaúcho foi criado com o intuito de premiar a melhor equipe do interior do estado no Campeonato Gaúcho. Desde 2012 os times de Porto Alegre, excluindo a dupla Grenal, estão aptos a conquistar título simbólico. O Esporte Clube São José de Porto Alegre conquistou o Campeonato Gaúcho do Interior em 2016 e em 2018. O maior campeão do Interior é o Juventude com 15 títulos, seguido do Caxias com 12 e do Brasil de Pelotas com dez.

• O Grêmio Foot-Ball Santanense, Campeonato Gaúcho de 1937, possui as cores vermelho e branco em seu uniforme. Apesar de ser "Grêmio" é um clube alvi-rubro como o Internacional de Porto Alegre, arquirrival do tricolor homônimo do clube de Sant'Ana do Livramento.

• O jogador Jorge Henrique de Souza foi campeão 11 vezes em em sete campeonatos estaduais: cearense (Ceará), pernambucano (três vezes pelo Náutico), paranaense (Atlético Paranaense), carioca* (Vasco da Gama), gaúcho (duas vezes pelo Internacional), catarinense (Figueirense) e paulista (duas vezes pelo Corinthians).

Saiba mais em: Curiosidades dos Campeonatos Estaduais de Futebol do Brasil

Clubes do Campeonato Campeonato Gaúcho

Veja a lista dos clubes em atividade, licenciados e extintos de todas as divisões do Campeonato Gaúcho.

Clubes em atividade do Campeonato Gaúcho
• 12 Horas • Aimoré • Avenida • Bagé • Brasil de Farroupilha • Brasil de Pelotas • Caxias • Cruz Alta • Cruzeiro • Esportivo • Farroupilha • Gaúcho • Glória • Grêmio • Guarani-VA • Guarany de Bagé • Igrejinha • Inter de Santa Maria • Internacional • Juventude • Lajeadense • Nova Prata • Novo Hamburgo • Novo Horizonte • Passo Fundo • Pelotas • Real • Rio Grande • Santa Cruz • Santo Ângelo • São Borja • São Gabriel • São José • São Luiz • São Paulo • Sapucaiense • Tupy • União Frederiquense • Veranópolis • Ypiranga

Clubes licenciados, extintos e demais clubes do Campeonato Gaúcho
• 14 de Julho de Bagé • 14 de Julho de Itaqui • 14 de Julho de Livramento • 14 de Julho de Passo Fundo • 15 de Novembro • 24 de Maio • 7 de Setembro • Alegrete • Alvi-Rubro • Americano • Americano de Novo Hamburgo • Apafut • Armour • Associação Carazinhense • Atlântico • Atlético Carazinho • Bancário • Barra • Botafogo • Cachoeira • Canoas • Canoas FC • Canoense • Cerâmica • Concórdia • Cruzeiro de Santiago • Cruzeiro de São Gabriel • Dínamo • Elite • Encantado • Esportivo Santoangelense • Estância Velha • Estrela • FC Porto Alegre • Ferro Carril • Ferroviário de Bagé • Flamengo • Flamengo de Alegrete • Flamengo de Horizontina • Fluminense de Livramento • Força e Luz • Frisch Auf • Garibaldi • Gaúcho de Ijuí • General Osório • Glória de Carazinho • Gramadense • Grêmio Pratense • Grêmio Santanense • Guarani de Alegrete • Guarany de Cachoeira • Guarany de Camaquã • Guarany de Cruz Alta • Guarany de Garibaldi • Guarany de Rosário • Ibirubá • Ideal • Independente • Inter de São Borja • Ítalo-Brasileiro • Ivoti • Juventus • Lageado • Marau • Milan • Militar • Mundo Novo • Nacional • Nacional de Cruz Alta • Nacional de São Leopoldo • Oriental • Padeiral • Paladino • Palmeirense • Panambi • Pedrabranca • Pedro Osório • Porto Alegre • Pradense • PRS Futebol • Renner • Rio Branco • Rio Pardo • Riograndense • Riograndense de Cruz Alta • Riograndense de Passo Fundo • Rio-Grandense de Rio Grande • Riopardense • Ruy Barbosa • Sá Viana • São Gabriel FC • São José-CS • Sapiranga • SC Bagé • SC Nacional • SER São Gabriel • Tabajara-Guaíba (Ta-Guá) • Tamoyo • Taquariense • Torrense • Três Passos • Uruguaiana • Vila Rosa • Vinte de Setembro

Ficha do Rio Grande do Sul

Bandeira do Rio Grande do Sul   Brasão do Rio Grande do Sul
Bandeira do Rio Grande do Sul e Brasão do Rio Grande do Sul

Região: Sul
Capital: Porto Alegre
Rio Grande do Sul faz divisa com: Santa Catarina, Argentina e Uruguai.
Mesorregiões: 7
Microrregiões: 35
Municípios: 496
Área: 281.734 km²
População: 10.845.087 habitantes (2005)
Densidade: 38,5 habitantes/km²
Clima: temperado
Fuso Horário: GMT-3 (horário de Brasília).

Indicadores do Rio Grande do Sul:
Analfabetismo: 7,7% (2004)
Mortalidade infantil: 13,7% (2005)
Expectativa de vida: 72,1 anos
Índice Gini: 0,586 (2000)
IDH do Rio Grande do Sul: 0,814 (2000)
PIB do Rio Grande do Sul: R$ 128.039.611,00 (2003) = 8,2% do PIB do Brasil
PIB per capita: R$ 11.806,000 (2003)
Quem nasce no Rio Grande do Sul é: gaúcho ou sul-rio-grandense.
Sigla: RS
Hino do Estado do Rio Grande do Sul em mp3

Mapa do Rio Grande do Sul
Mapa do Rio Grande do Sul

História dos Campeonatos Estaduais de Futebol do Brasil

O Brasil é um país continental. Alguns estados brasileiros são maiores do que muitos países. A impossibilidade de se criar um campeonato em âmbito nacional gerou a criação de campeonatos estaduais quando o futebol começou a se popularizar. A tradição destes campeonatos ainda resiste e é um dos motores das rivalidades das equipes do mesmo estado. Saiba nesta página qual o campeonato estadual mais antigo do país, qual o clube que tem mais títulos estaduais no país, entre outras curiosidades dos campeonatos estaduais de futebol do Brasil. Saiba mais em: História dos Campeonatos Estaduais de Futebol do Brasil

• Site oficial da Confederação Brasileira de Futebol - CBF.

Campeonatos Estaduais de Futebol do Brasil

História : Campeões : Campeões consecutivos (bicampeões, tricampeões, etc) : Campeões do Século XX : Campeões do Século XXI : Clássicos estaduais : Curiosidades : Estatísticas : Artilheiros : Assistências : Maiores goleadas : Clubes : Clubes em atividade : Clubes com mais participações : Maiores torcidas : Turnos : Torneios extras : Divisões : Campeonatos Amadores : Taça dos Invictos : Campeonato do Interior : Torneio Início : Troféu : Bola oficial : Video game : Jogos na TV : Jogos na Internet : Jogos no Rádio : Notícias : Fotos : Vídeos : Estádios : Premiação : Árbitros : Jogadores : Treinadores : Ingressos : Média de público : Uniformes e Camisas : Campeonatos estaduais mais antigos do Brasil : Campeonatos estaduais com mais edições : Clubes que disputam campeonatos estaduais em outros estados : Campeonatos Estaduais da Região Centro-Oeste : Campeonatos Estaduais da Região Nordeste: Campeonatos Estaduais da Região Norte : Campeonatos Estaduais da Região Sudeste : Campeonatos Estaduais da Região Sul

• Campeonato Estadual do Acre - Campeonato Acriano
• Campeonato Estadual de Alagoas - Campeonato Alagoano
• Campeonato Estadual do Amapá - Campeonato Amapaense
• Campeonato Estadual do Amazonas - Campeonato Amazonense
• Campeonato Estadual da Bahia - Campeonato Baiano
• Campeonato Estadual do Ceará - Campeonato Cearense
• Campeonato Estadual do Distrito Federal - Campeonato Brasiliense
• Campeonato Estadual do Espírito Santo - Campeonato Capixaba
• Campeonato Estadual de Goiás - Campeonato Goiano
• Campeonato Estadual do Maranhão - Campeonato Maranhense
• Campeonato Estadual de Mato Grosso - Campeonato Mato-Grossense
• Campeonato Estadual de Mato Grosso do Sul - Campeonato Sul-Mato-Grossense
• Campeonato Estadual de Minas Gerais - Campeonato Mineiro
• Campeonato Estadual do Pará - Campeonato Paraense
• Campeonato Estadual da Paraíba - Campeonato Paraibano
• Campeonato Estadual do Paraná - Campeonato Paranaense
• Campeonato Estadual de Pernambuco - Campeonato Pernambucano
• Campeonato Estadual do Piauí - Campeonato Piauiense
• Campeonato Estadual do Rio de Janeiro * - Campeonato Carioca / Campeonato Fluminense
• Campeonato Estadual do Rio Grande do Norte - Campeonato Potiguar
• Campeonato Estadual do Rio Grande do Sul - Campeonato Gaúcho
• Campeonato Estadual de Rondônia - Campeonato Rondoniense
• Campeonato Estadual de Roraima - Campeonato Roraimense
• Campeonato Estadual de São Paulo - Campeonato Paulista
• Campeonato Estadual de Santa Catarina - Campeonato Catarinense
• Campeonato Estadual de Sergipe - Campeonato Sergipano
• Campeonato Estadual do Tocantins - Campeonato Tocantinense

* O título oficial do Campeonato Carioca é Campeonato Estadual do Rio de Janeiro. O gentílico (o que designa um indivíduo de acordo com o seu local de nascimento) "carioca" é oficialmente destinado apenas para os que nascem na cidade do Rio de Janeiro. Já o gentílico do estado do Rio de Janeiro, incluindo a capital do estado, é "fluminense". Alguns anos após a fusão do estado da Guanabara (cidade do Rio de Janeiro) com o antigo estado do Rio de Janeiro, o Campeonato Fluminense foi extinto. O atual Campeonato "Carioca", portanto, deveria ser denominado "Campeonato Fluminense".



 

As dez melhores cidades para viajar em 2020

Veja o vídeo quais são as das dez melhores cidades para viajar em 2020. Esta seleção foi feita por centenas de colaboradores da maior editora de guias de viagem do mundo. Eles escolheram os destinos com as melhores atrações para você conhecer em 2020.


Fonte: Quetalviajar

Quem somos

O QuadroDeMedalhas.com é um site de todos os esportes. Fundado em 2006 por pessoas que gostam e admiram os mais diversos eventos esportivos. Confira aqui a programação, história, regras e as principais competições esportivas.


Contato

Sugestões? Informar erros? Dúvidas? Entre em contato.

Sites recomendados

Gattopardo Pro - Mentoria e Análise de Desempenho Digital
Cadê Meu Táxi?
Qual DDD?
Qual DDI?
Quadro de Medalhas
Qual TV por Assinatura
Que Tal Viajar
Só Passagem de Avião
Só Passagem de Ônibus
Tudo de Carros

Próximos Eventos Esportivos

Eurocopa 2020
Eurocopa 2020 Eurocopa