Campeonato Paraense de Futebol

Curiosidades, campeões e história do Campeonato Estadual do Pará.

Futebol

Campeonato Paraense de Futebol

Quem é o maior campeão estadual do Pará? Qual clube tem mais títulos estaduais do Campeonato Paraense? Confira nesta página!



História do Campeonato Paraense
O Campeonato Paraense de Futebol é a principal competição de futebol do estado do Pará. Organizado pela Federação Paraense de Futebol (FPF), o Campeonato Paraense é disputado desde 1908, um dos mais antigos do país. Criado apenas depois dos campeonatos paulista, baiano e carioca e no mesmo ano do campeonato paraibano.

O primeiro Campeonato Paraense foi disputado em 1906, mas não foi concluído. A competição se prolongou até junho do ano seguinte, sem apontar um campeão, após divergências de resultados. O Pará Club era o líder da competição até a paralisação do campeonato, enquanto o Pará FBC estava em segundo lugar. A primeira edição oficial do Campeonato Paraense foi vencida pelo União Sportiva. O torneio de 1908 contou com seis clubes, todos da capital do estado: Belém Club, Belém Foot-Ball Club, Pará Club, Sport Club do Pará, Sporting Foot-Ball Club e União Sportiva (campeã). O Campeonato Paraense não foi disputado em 1909, 1911, 1912 e 1946. Desde 1947, o Campeonato Paraense é disputado ininterruptamente. O Campeonato Paraense também chamado de Parazão.

Divisões e clubes do Campeonato Paraense
Atualmente, o Campeonato Paraense é disputado por 27 equipes em duas divisões entre janeiro e abril (1ª Divisão) e entre outubro e novembro (2ª Divisão). A 1ª Divisão tem dez clubes; enquanto a 2ª Divisão é disputada por 17 clubes.

Promoção e Rebaixamento do Campeonato Paraense
Geralmente, dois clubes são rebaixados da 1ª Divisão para a 2ª Divisão; dois clubes são promovidos da 2ª Divisão para a 1ª Divisão do ano seguinte.

Divisão - Promovidos - Rebaixados
Série A - Nenhum - 2
Série B - 2 - Nenhum

Vagas para a Copa Verde, Copa do Brasil e Série D do Campeonato Brasileiro através do Campeonato Paraense
O Estado do Pará é o atual 12º colocado no Ranking Nacional das Federações (RNF) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), entre as 27 unidades federativas do Brasil. Esta posição possibilita à Federação Paraense de Futebol distribuir três vagas para a Copa do Brasil, duas vagas para a Copa Verde e duas vagas para a Série D do Campeonato Brasileiro. Os dados do RNF são de dezembro de 2019.

Maiores campeões estaduais do Campeonato Paraense

Qual é o maior clube campeão estadual do Pará? O Paysandu é o recordista de títulos do Campeonato Paraense com 47 títulos, seguido do Remo com 46 títulos e do Tuna Luso com dez títulos. Estes três clubes detêm juntos 103 títulos Paraenses de 107 títulos disputados entre 1908 a 2019.

A capital do estado, Belém, é a cidade com mais títulos do Campeonato Paraense, com 105 títulos, seguida de Tucuruí e Cametá com um título cada. Estas três cidades detêm juntas todos os títulos Paraenses de 107 títulos disputados entre 1908 a 2019.

Veja abaixo a lista dos campeões Paraenses de futebol. Estão incluídos os campeões da Primeira Divisão do Pará. Não estão incluídas nesta lista os campeões de turnos, campeonatos de divisões inferiores, torneios extras e campeonatos de amadores, aspirantes e juvenis deste estado.

Campeões do Campeonato Paraense
Ano - Campeão - Vice
1908 - União Sportiva - Sport Pará
1909 - Não houve
1910 - União Sportiva - Guarany
1911 - Não houve
1912 - Não houve
1913 - Remo - Norte Club
1914 - Remo - Paysandu
1915 - Remo - Paysandu
1916 - Remo - -
1917 - Remo - Paysandu
1918 - Remo - Paysandu
1919 - Remo - Paysandu
1920 - Paysandu - Remo
1921 - Paysandu - Remo
1922 - Paysandu - Remo
1923 - Paysandu - União
1924 - Remo - Paysandu
1925 - Remo - Paysandu
1926 - Remo - Paysandu
1927 - Paysandu - Remo
1928 - Paysandu - Remo
1929 - Paysandu - União
1930 - Remo - Paysandu
1931 - Paysandu - Tuna Luso
1932 - Paysandu - Guarany
1933 - Remo - -
1934 - Paysandu - Tuna Luso
1935 - Não houve
1936 - Remo - Paysandu
1937 - Tuna Luso - Paysandu
1938 - Tuna Luso - Nacional
1939 - Paysandu - Remo
1940 - Remo - Tuna Luso
1941 - Tuna Luso - Paysandu
1942 - Paysandu - Remo
1943 - Paysandu - Tuna Luso
1944 - Paysandu - Remo
1945 - Paysandu - Tuna Luso
1946 - Não houve
1947 - Paysandu - Remo
1948 - Tuna Luso - Paysandu
1949 - Remo - Paysandu
1950 - Remo - Tuna Luso
1951 - Tuna Luso - Remo
1952 - Remo - Paysandu
1953 - Remo - Tuna Luso
1954 - Remo - Paysandu
1955 - Tuna Luso - Paysandu
1956 - Paysandu - Remo
1957 - Paysandu - Remo
1958 - Tuna Luso - Remo
1959 - Paysandu - Remo
1960 - Remo - Paysandu
1961 - Paysandu - Remo
1962 - Paysandu - Tuna Luso
1963 - Paysandu - Tuna Luso
1964 - Remo - Tuna Luso
1965 - Paysandu - Remo
1966 - Paysandu - Remo
1967 - Paysandu - Remo
1968 - Remo - Paysandu
1969 - Paysandu - Remo
1970 - Tuna Luso - Paysandu
1971 - Paysandu - Remo
1972 - Paysandu - Remo
1973 - Remo - Paysandu
1974 - Remo - Paysandu
1975 - Remo - Paysandu
1976 - Paysandu - Tuna Luso
1977 - Remo - Paysandu
1978 - Remo - Paysandu
1979 - Remo - Paysandu
1980 - Paysandu - Remo
1981 - Paysandu - Remo
1982 - Paysandu - Remo
1983 - Tuna Luso - Remo
1984 - Paysandu - Tuna Luso
1985 - Paysandu - Remo
1986 - Remo - Tuna Luso
1987 - Paysandu - Remo
1988 - Tuna Luso - Paysandu
1989 - Remo - Paysandu
1990 - Remo - Paysandu
1991 - Remo - Tuna Luso
1992 - Paysandu - Remo
1993 - Remo - Paysandu
1994 - Remo - Paysandu
1995 - Remo - Paysandu
1996 - Remo - Tuna Luso
1997 - Remo - Paysandu
1998 - Paysandu - Remo
1999 - Remo - Paysandu
2000 - Paysandu - Castanhal EC
2001 - Paysandu - Remo
2002 - Paysandu - Tuna Luso
2003 - Remo - Tuna Luso
2004 - Remo - Paysandu
2005 - Paysandu - Remo
2006 - Paysandu - Ananindeua
2007 - Remo - Tuna Luso
2008 - Remo - Águia de Marabá
2009 - Paysandu - São Raimundo de Santarém
2010 - Paysandu - Águia de Marabá
2011 - Independente - Paysandu
2012 - Cametá - Remo
2013 - Paysandu - Paragominas
2014 - Remo - Paysandu
2015 - Remo - Independente
2016 - Paysandu - São Francisco
2017 - Paysandu - Remo
2018 - Remo - Paysandu
2019 - Remo - Independente
2020 -

Clubes Campeões do Campeonato Paraense
Clube - Cidade - Títulos estaduais do Pará (anos)
Paysandu - Belém - 47 (1920, 1921, 1922, 1923, 1927, 1928, 1929, 1931, 1932, 1934, 1939, 1942, 1943, 1944, 1945, 1947, 1956, 1957, 1959, 1961, 1962, 1963, 1965, 1966, 1967, 1969, 1971, 1972, 1976, 1980, 1981, 1982, 1984, 1985, 1987, 1992, 1998, 2000, 2001, 2002, 2005, 2006, 2009, 2010, 2013, 2016 e 2017)
Remo - Belém - 46 (1913, 1914, 1915, 1916, 1917, 1918, 1919, 1924, 1925, 1926, 1930 ,1933, 1936, 1940, 1949, 1950, 1952, 1953, 1954, 1960, 1964, 1968, 1973, 1974, 1975, 1977, 1978, 1979, 1986, 1989, 1990, 1991, 1993, 1994, 1995, 1996, 1997, 1999, 2003, 2004, 2007, 2008, 2014, 2015, 2018 e 2019)
Tuna Luso - Belém - 10 (1937, 1938, 1941, 1948, 1951, 1955, 1958, 1970, 1983 e 1988)
União Sportiva - Belém - 2 (1908 e 1910)
Independente - Tucuruí - 1 (2011)
Cametá - Cametá - 1 (2012)

Cidades com mais títulos do Campeonato Paraense
Cidade - Títulos estaduais do Pará (anos)
Belém - 105
Tucuruí - 1
Cametá - 1

Campeões consecutivos do Campeonato Paraense

Veja a lista dos campeões consecutivos do Campeonato Paraense.

Heptacampeonatos
Remo: 1 vez (1913-14-15-16-17-18-19)

Pentacampeonatos
Remo: 1 vez (1993-94-95-96-97)
Paysandu: 1 vez (1942-43-44-45-47)

Tetracampeonatos
Paysandu: 1 vez (1920-21-22-23)

Bicampeonatos
Paysandu: 7 vezes (1931-32, 1956-57, 1971-72, 1984-85, 2005-06, 2009-10, 2016-17)
Remo: 5 vezes (1949-50, 2003-04, 2007-08, 2014-15, 2018-19)
Tuna Luso: 1 vez (1937-38)

Maiores jejuns do Campeonato Paraense
Nos esportes, um jejum refere-se a casos em que um indivíduo ou uma equipe passou por um longo período de tempo sem atingir algum objetivo. Para uma equipe, isso geralmente se refere a um período prolongado de tempo sem ganhar um campeonato. Os jejuns ocorrem por várias razões, desde má administração até má sorte. Alguns jejuns também são popularmente atribuídos a uma maldição. Em inglês é usado o termo drought ou drouth (seca) para esta situação.

Veja abaixo os jejuns de títulos dos clubes Paraenses na Primeira Divisão do Campeonato Estadual do Pará (até 2020).

Clube - Anos sem vencer o Estadual - Último título estadual
Remo - 1 ano - 2019
Paysandu - 3 anos - 2017
Cametá - 8 anos- 2012
Independente - 9 anos- 2011
Tuna Luso - 32 anos - 1988
União Sportiva - 110 anos - 1910

Artilheiros do Campeonato Paraense

Ano - Artilheiro - Clube - Gols
1933 - Heitor - Paysandu - 9
1934 -
1935 - Não houve
1936 -
1937 -
1938 -
1939 - Cláudio - Paysandu - 11
1940 -
1941 -
1942 -
1943 -
1944 -
1945 -
1946 - Não houve
1947 - Hélio - Paysandu - 11
1948 - Geju - Remo - 10
1949 - Quiba - Remo - 9
1950 - Daniel - Tuna Luso - 8
1951 - Juvenil - Tuna Luso - 13
1952 - Quiba - Remo - 14
1953 - China - Tuna Luso - 13
1954 - Ernesto - Paysandu - 16
1955 - Estanislau - Tuna Luso - 22
1956 - Norman - Paysandu - 17
1957 - Toni - Paysandu - 14
1958 - China - Tuna Luso - 15
1959 - Toni - Paysandu - 14
1960 - Câmara - Remo - 18
1961 - Walmir - Tuna Luso - 11
1962 - Tuna Luso - 9
1963 - Carlos Alberto - Paysandu - 14
1964 - Roger - e Chaminha - Remo - 12
1966 - Mário - Tuna Luso - 23
1967 - Amoroso - Remo -
1968 - Amoroso - Remo -
1969 - Bené e Wilson - Paysandu - 13
1970 - Lêonidas - Tuna Luso - 9
1971 - Bené - Paysandu - 20
1972 - Bené - Paysandu - 20
1973 - Alcino e Roberto - Remo, Almeida - Sport Belém e Odílson - Tuna Luso - 7
1974 - Alcino - Remo - 12
1975 - Remo - 21
1976 - Rodrigues - Remo - 10
1977 - Vilfredo - Remo - 10
1978 - Bira - Remo - 25
1979 - Remo - 32
1980 - Nílson Diabo - Tuna Luso - 14
1981 - Mesquita - Remo - 14
1982 - Cabinho - Paysandu - 12
1983 - Dadinho - Remo - 23
1984 - Cabinho - Paysandu - 21
1985 - Dadinho - Remo - 18
1986 - Remo - 17
1987 - Cabinho - Paysandu - 24
1988 - Luís Carlos - Tuna Luso - 13
1989 - Dadinho - Paysandu - 23
1990 - Edil - Paysandu - 13
1991 - Almir - Izabelense - 14
1992 - Edil - Paysandu - 24
1993 - Ageu - Tuna Luso - 8
1994 - Alex - Remo - 12
1995 - Luís Müller - Remo - 11
1996 - Gaúcho - Tuna Luso - 14
1997 - Edil - Remo e Diórgens - Tuna Luso - 12
1998 - Vágner - Paysandu - 11
1999 - Mael - Remo - 13
2000 - Edil - Castanhal - 16
2001 - Rato - Tuna Luso - 12
2002 - Jóbson e Valdomiro - Paysandu - 9
2003 - Marajó - Sport Belém - 11
2004 - Wegno - Castanhal - 13
2005 - Rico - Pedreira - 13
2006 - Marçal - Ananindeua e Balão - Paysandu - 10
2007 - Róbson - Paysandu - 13
2008 - Marklécio - Águia de Marabá - 13
2009 - Hélcio - São Raimundo (Santarém) - 12
2010 - Moisés - Paysandu - 13
2011 - Leandro Cearense - Cametá - 21
2012 - Rafael Paty - Cametá, Branco - Águia de Marabá e Fábio Oliveira - Remo - 12
2013 - Aleilson - Paragominas - 13
2014 - Rafael Paty - Santa Cruz de Cuiarana - 14
2015 - Rafael Paty - Remo - 7
2016 - Jefferson Monte Alegre - São Raimundo - 8
2017 - Bérgson - Paysandu - 11
2018 - Dedeco - Castanhal - 7
2019 - Michel - Paragominas - 5
2020 -

Curiosidades do Campeonato Paraense

• Paulo Benedito dos Santos Braga, mais conhecido como Quarentinha ou Quarenta, detém o recorde de títulos estaduais no Pará e em todo o Brasil como jogador, com doze conquistas, todas pelo Paysandu no Campeonato Paraense de Futebol. Quarentinha foi campeão paraense nos anos de 1956, 1957, 1959, 1961, 1962, 1963, 1965, 1966, 1967, 1969, 1971 e 1972.

• O Clube do Remo é o único heptacampeão paraense de futebol. O Remo conquistou o heptacampeonato estadual ao vencer o campeonato paraense sete vezes seguidas entre 1913 e 1919.

• A partir de 1913 o Campeonato Paraense passa a ser disputado continuamente, após a criação da Liga Paraense de Foot-Bal, que foi substituída pela Liga Paraense de Esportes Terrestres em 1917. Em 1945 o futebol paraense adotou o profissionalismo. Em 1970, foi criada a Federação Paraense de Futebol, que permanece até hoje como a organizadora do futebol no estado do Pará.

• Remo e Paysandu Sport Club são protagonistas do maior clássico de futebol da região Norte do Brasil, o Re-Pa, também chamado de Clássico Rei da Amazônia.

• O primeiro clube do interior a disputar o Campeonato Paraense foi o Avante do município de Soure, em 1960. O clube da Ilha do Marajó fez bonito ao chegar a final, perdendo o título para o Remo. Entretanto, uma decisão judicial fez com que o Paysandu disputasse a final no lugar do Avante. O Remo venceu a nova final e foi conhecido como "Duplo Campeão" daquele ano, apesar do título ser considerado como único.

• A partir do ano 2000 os clubes do interior ganharam força no Campeonato Paraense. As boas campanhas dos clubes interioranos foram coroadas com o vice-campeonato do Castanhal em 2000, o vice do Ananindeua em 2006, os vices do Águia de Marabá em 2006 e 2008 e o vice do São Raimundo em 2009. O Independente Atlético Clube de Tucuruí foi o primeiro campeão estadual do interior no Campeonato Paraense. No ano seguinte, o Cametá Sport Club superou o Remo e, novamente, o interior levantou a taça de campeão paraense.

• Remo e Paysandu são os maiores vencedores e também os clubes que mais vezes participaram do Campeonato Paraense. Até 2019, cada um destes clubes participou de 103 edições do Parazão.

Saiba mais em: Curiosidades dos Campeonatos Estaduais de Futebol do Brasil

Clubes do Campeonato Campeonato Paraense

Veja a lista dos clubes em atividade, licenciados e extintos de todas as divisões do Campeonato Paraense.

Clubes em atividade do Campeonato Paraense
• Águia de Marabá • Atlético Paraense • Bragantino • Cametá • Carajás • Castanhal • Gavião Kyikatejê • Independente • Itupiranga • Izabelense • Paraense • Paragominas • Parauapebas • Paysandu • Pedreira • Pinheirense • Remo • Santa Rosa • São Francisco • São Raimundo • Sport Belém • Tapajós • Tiradentes • Tuna Luso • União Paraense • Vênus • Vila Rica

Clubes licenciados, extintos e demais clubes do Campeonato Paraense
• Abaeté • Altamira • Ananindeua • Atlético Abaetetubense • Atlético Marabá • Auto Clube • Belenenses • Beneficente Avante • Combatentes • Desportiva Paraense • Elo Marítimo • Guarany de Belém • Internacional • Júlio César • Liberato de Castro • Luso Brasileiro do Pará • Mariano • Marituba • Nacional de Belém • Norte Club • Pará Clube • Redenção • Santa Cruz de Cuiarana • Santarém • Sport Pará • Sporting • Tapajós AC • Terra Firme • União Sportiva • Vila Nova • Yamada • Yole

Ficha do Pará

Bandeira do Pará   Brasão do Pará
Bandeira do Pará e Brasão do Pará

Região: Norte
Capital: Belém
Cidades importantes: Santarém, Marabá, Altamira, Castanhal e Abaetetuba
O Pará faz divisa com: Amazonas, Mato Grosso, Tocantins, Maranhão, Amapá, Roraima, Guiana e Suriname
Mesorregiões: 6
Microrregiões: 22
Municípios: 143
Área: 1.247.689,515 km²
População: 6.970.586 habitantes (2005)
Densidade: 4,97 habitantes/km²
Clima: Equatorial Úmido
Fuso Horário: GMT-3 (Horário de Brasília) e -4 (uma hora a menos que Brasília).

Indicadores do Pará:
Analfabetismo: -
Mortalidade infantil: -
Expectativa de vida: -
Índice Gini: -
IDH do Pará: 0,723 PNUD/2000
PIB do Pará: R$ 29.215.268 mil (2004)
PIB per capita: R$ 4.191 (2003)
Quem nasce no Pará é: paraense
Sigla: PA
Hino do Estado do Pará em mp3 - n.d.

Mapa do Pará
Mapa do Pará

História dos Campeonatos Estaduais de Futebol do Brasil

O Brasil é um país continental. Alguns estados brasileiros são maiores do que muitos países. A impossibilidade de se criar um campeonato em âmbito nacional gerou a criação de campeonatos estaduais quando o futebol começou a se popularizar. A tradição destes campeonatos ainda resiste e é um dos motores das rivalidades das equipes do mesmo estado. Saiba nesta página qual o campeonato estadual mais antigo do país, qual o clube que tem mais títulos estaduais no país, entre outras curiosidades dos campeonatos estaduais de futebol do Brasil. Saiba mais em: História dos Campeonatos Estaduais de Futebol do Brasil

• Site oficial da Confederação Brasileira de Futebol - CBF.

Campeonatos Estaduais de Futebol do Brasil

História : Campeões : Campeões consecutivos (bicampeões, tricampeões, etc) : Campeões do Século XX : Campeões do Século XXI : Clássicos estaduais : Curiosidades : Estatísticas : Artilheiros : Assistências : Maiores goleadas : Clubes : Clubes em atividade : Clubes com mais participações : Maiores torcidas : Turnos : Torneios extras : Divisões : Campeonatos Amadores : Taça dos Invictos : Campeonato do Interior : Torneio Início : Troféu : Bola oficial : Video game : Jogos na TV : Jogos na Internet : Jogos no Rádio : Notícias : Fotos : Vídeos : Estádios : Premiação : Árbitros : Jogadores : Treinadores : Ingressos : Média de público : Uniformes e Camisas : Campeonatos estaduais mais antigos do Brasil : Campeonatos estaduais com mais edições : Clubes que disputam campeonatos estaduais em outros estados : Campeonatos Estaduais da Região Centro-Oeste : Campeonatos Estaduais da Região Nordeste: Campeonatos Estaduais da Região Norte : Campeonatos Estaduais da Região Sudeste : Campeonatos Estaduais da Região Sul

• Campeonato Estadual do Acre - Campeonato Acriano
• Campeonato Estadual de Alagoas - Campeonato Alagoano
• Campeonato Estadual do Amapá - Campeonato Amapaense
• Campeonato Estadual do Amazonas - Campeonato Amazonense
• Campeonato Estadual da Bahia - Campeonato Baiano
• Campeonato Estadual do Ceará - Campeonato Cearense
• Campeonato Estadual do Distrito Federal - Campeonato Brasiliense
• Campeonato Estadual do Espírito Santo - Campeonato Capixaba
• Campeonato Estadual de Goiás - Campeonato Goiano
• Campeonato Estadual do Maranhão - Campeonato Maranhense
• Campeonato Estadual de Mato Grosso - Campeonato Mato-Grossense
• Campeonato Estadual de Mato Grosso do Sul - Campeonato Sul-Mato-Grossense
• Campeonato Estadual de Minas Gerais - Campeonato Mineiro
• Campeonato Estadual do Pará - Campeonato Paraense
• Campeonato Estadual da Paraíba - Campeonato Paraibano
• Campeonato Estadual do Paraná - Campeonato Paranaense
• Campeonato Estadual de Pernambuco - Campeonato Pernambucano
• Campeonato Estadual do Piauí - Campeonato Piauiense
• Campeonato Estadual do Rio de Janeiro * - Campeonato Carioca / Campeonato Fluminense
• Campeonato Estadual do Rio Grande do Norte - Campeonato Potiguar
• Campeonato Estadual do Rio Grande do Sul - Campeonato Gaúcho
• Campeonato Estadual de Rondônia - Campeonato Rondoniense
• Campeonato Estadual de Roraima - Campeonato Roraimense
• Campeonato Estadual de São Paulo - Campeonato Paulista
• Campeonato Estadual de Santa Catarina - Campeonato Catarinense
• Campeonato Estadual de Sergipe - Campeonato Sergipano
• Campeonato Estadual do Tocantins - Campeonato Tocantinense

* O título oficial do Campeonato Carioca é Campeonato Estadual do Rio de Janeiro. O gentílico (o que designa um indivíduo de acordo com o seu local de nascimento) "carioca" é oficialmente destinado apenas para os que nascem na cidade do Rio de Janeiro. Já o gentílico do estado do Rio de Janeiro, incluindo a capital do estado, é "fluminense". Alguns anos após a fusão do estado da Guanabara (cidade do Rio de Janeiro) com o antigo estado do Rio de Janeiro, o Campeonato Fluminense foi extinto. O atual Campeonato "Carioca", portanto, deveria ser denominado "Campeonato Fluminense".


Leia também

 

Curso de Trader Esportivo

Você já imaginou fazer da sua paixão uma fonte de renda? Aprenda a operar na melhor casa de trade esportivo do mundo, do básico ao avançado, desde o processo de criação da conta, até a as operações financeiras. Saiba como se transformar num especialista de Trader Esportivo!


Faça agora o Curso Trader Esportivo

Quem somos

O QuadroDeMedalhas.com é um site de todos os esportes. Fundado em 2006 por pessoas que gostam e admiram os mais diversos eventos esportivos. Confira aqui a programação, história, regras e as principais competições esportivas.


Contato

Sugestões? Informar erros? Dúvidas? Entre em contato.

Próximos Eventos Esportivos

Eurocopa 2020
Eurocopa 2020 Eurocopa