Futebol

Confira a história do Futebol e as principais competições.

Estádio Internacional Rei Fahd - Palco da Final da Primeira Copa das Confederações - Foto: Ali Al-Mazarqah

Mascotes da Copa das Confederações

A Copa das Confederações de Futebol da FIFA é um campeonato de futebol disputado a cada quatro anos pelas seleções vencedoras dos campeonatos continentais de seleções, além da mais recente seleção campeã mundial e o país sede da Copa do Mundo do ano seguinte.



Mascotes da Copa das Confederações de Futebol

A Copa das Confederações de Futebol da FIFA (Campeonato Mundial de Futebol FIFA) é um campeonato de futebol masculino realizado a cada quatro anos pela FIFA (Fédération Internationale de Football Association).

O torneio é disputado pelas seleções vencedoras dos campeonatos continentais de seleções (UEFA, Conmebol, Concacaf, CAF, AFC e OFC), além do mais recente campeão mundial e do país sede.

Quem não se lembra da Naranjito, a simpática laranja que era a mascote da Copa do Mundo de 1982? As mascotes estão em qualquer evento de grande porte, a Copa do Mundo não poderia ser diferente. A Copa do Mundo é um evento visto com bilhões de pessoas e que envolve bilhões de dólares.

Você sabe a origem da palavra mascote? Na década de 1860 a palavra provençal "masco" foi utilizada para o que é definido hoje como mascote.

As mascotes se tornaram no século XX um poderoso instrumento para impulsionar as vendas de produtos relativas aos eventos e para caracterizá-los. É impossível lembrar das Olimpíadas de Moscou sem se associar ao ursinho Misha. Realizadas em 1980, durante a Guerra Fria, as Olimpíadas viraram uma arma de propaganda política. Mesmo com o boicote liderado pelos Estados Unidos, devido à invasão do Afeganistão pelos soviéticos, a lembrança da Olimpíada realizada em 1980 continua viva. Como não esquecer o choro de Misha no encerramento dos jogos?

A primeira mascote de Copa do Mundo foi o leão Willie. Curiosamente os alemães adotaram este ano um leão, o Goleo VI. Willie apareceu inclusive no pôster oficial da Copa do Mundo da Inglaterra com sua camisa com a bandeira do Reino Unido, a Union Jack. Willie é considerado a mascote mais famosa de todas as Copas do Mundo.

Os anos 1970 foram marcados pela humanização das mascotes nas Copas do Mundo. No México em 1970 a mascote escolhida foi Juanito, um menino com características caucasianas com um sombreiro e uma bola. Em 1974 as mascotes foram a dupla Tip e Tap, dois meninos com o uniforme da seleção da Alemanha Ocidental. Um tinha as inicias de Copa do Mundo em alemão (WM - Weltmeisterschaft) numa camisa e o outro o ano da Copa (74). Em 1978, Gauchito foi o escolhido para a Copa da Argentina. Novamente um menino com a camisa da seleção local e características regionais.

Os anos 1980 mudaram a concepção de mascotes. Uma laranja e uma pimenta com sombreiro foram as mascotes da década. Em 1982, Naranjito foi a primeira fruta como mascote em Copas do Mundo. A laranja com a camisa da seleção espanhola fez muito sucesso por ser simples. Além de estar estampada em vários produtos da Copa a laranjinha da Copa protagonizou uma série de desenhos animados na televisão espanhola. No revival dos anos 1980 Naranjito aparece com um dos símbolos dos anos 80.

O estranho Pique foi a mascote escolhida para a Copa do México de 1986. Pique era uma pimenta com bigode vestida com as cores da seleção local e um típico sombreiro mexicano.

Em 1990 tentaram criar uma mascote diferente para a Copa da Itália. Ciao talvez seja a mascote mais bizarra de todas as Copas do Mundo. Ciao é um boneco tricolor simulando um jogador de futebol. Além das bandeiras da Itália por todo o seu corpo, Ciao tinha uma bola de futebol na cabeça. Apesar disso, Ciao fez muito sucesso na época também.

O cão Striker foi escolhido como mascote para a Copa de 1994 dos Estados Unidos. Striker vestia-se com as cores da bandeira dos EUA. Em 1998 os franceses optaram pelo galo Footix. O galo é o símbolo do país e Footix era um Galo azul, cor da camisa da seleção francesa. Nos anos 90 foi intensificada a utilização das mascotes em diversos materiais promocionais, sem contar na divulgação do evento em cartões telefônicos, selos e todos os tipos de peças para promover a Copa do Mundo.

Seguindo uma tendência de ter mais de uma mascote por evento dos anos 1990, a Copa da Coreia teve os estranhos Ato, Nik e Kaz. Seria natural que a primeira Copa do Mundo em dois países diferentes tivesse mesmo dois mascotes. A mascote da Copa de 2006 é o leão Goleo VI. Um leão de 2 metros e 30 centímetros de altura e 18 anos. Goleo veste a camisa 06 da Alemanha em referência ao ano da Copa e tem a companhia de Pille, uma bola falante. Ao contrário dos outras mascotes Goleo VI não é um desenho.

A estratégia de mais mascotes por evento aumenta as vendas de produtos mas dificulta a lembrança do evento. Assim como as mascotes da Copa passada já caíram no esquecimento a lembrança da Águia Sam das Olimpíadas de 1984, do Ursinho Misha de 1980, Naranjito de 1982 permanecem. Resta saber se Goleo VI e Pille não vão acabar no buraco da memória.

Zakumi é um leopardo com o cabelo verde e a mascote oficial para de FIFA para a Copa do Mundo de 2010 na África do Sul. Você sabe o que significa Zakumi? O código "ZA" representa a África do Sul ("Zuid-Afrika" em holandês) e "Kumi" significa dez (ano da Copa do mundo) em várias línguas africanas. A palavra "Zakumi" também pode ser entendida como "vem aqui" em algumas línguas sul-africanas.

Zakumi foi apresentado em 22 de setembro de 2008, mas a mascote "nasceu" em 16 de junho de 1994, dia da juventude na África do Sul. O ano de 1994 representa o nascimento de uma nova África do Sul, com a introdução das eleições democráticas no país. Como Zakumi tinha 16 anos na Copa do Mundo ele também representa a nova geração que nasceu num país sem a política racista do Apartheid.

Em setembro de 2012 foi apresentado o mascote da Copa do Mundo de 2014 a ser realizado no Brasil. O tatu-bola. O animal ganhou a disputa contra outras sugestões como: onça, arara e jacaré.

A ideia para tornar o tatu-bola o mascote oficial da Copa do Mundo do Brasil de 2014 foi da Associação Caatinga. A sugestão foi feita a partir das características deste animal. O tatu-bola que existe no Brasil e outros países da América do Sul, corre risco de extinção e se defende de predadores se curvando, adquirindo o formato de uma bola.

O tatu-bola (Tolypeutes) também é conhecido em algumas regiões como tatuapara, apara ou apar. "Tatuapara", "apara" e "apar" vêm do tupi tatua'para, "tatu vergado". O animal tem cerca de 30 cm de comprimento, coloração marrom escuro e, geralmente, três cintas móveis.

Dias depois de ser anunciado o mascote da Copa de 2014 foram divulgados os três nomes para votação popular. As opções do tatu-bola mascote da Copa do Mundo são: Amijubi, Fuleco ou Zuzeco.

No dia 25 de dezembro foi anunciado que Fuleco é o nome do mascote da Copa do Mundo de 2014. A escolha popular teve mais de 1,7 milhão de votos pela internet. O nome do mascote escolhido recebeu 48%, enquanto Zuzeco teve 31% e Amijubi 21% dos votos.

O nome "Fuleco" vem da mistura das palavras futebol e ecologia. E o tatu-bola já tem até uma biografia. Fuleco nasceu no dia 1º de janeiro de 2000, na região Nordeste. Portanto, quando a Copa for disputada no Brasil Fuleco terá 14 anos. Fuleco gosta de jogar futebol e faz a "Dança do Tatu" para comemorar seus gols. Os ídolos de Fuleco são Pelé e Ronaldo Fenômeno. A carapaça azul de Fuleco é uma homenagem ao céu e as águas do Brasil.

Não temos registro de mascotes da Copa das Confederações de Futebol. Conhece algum? Envie-nos.

Mascotes das Copas Intercontinentais de Seleções

Confira as mascotes das Copas Intercontinentais de Seleções.

Mascotes do Mundialito
n.d.
Mascote do Mundialito do Uruguai 1980 / 1981.

Mascotes do Troféu Artemio Franchi
n.d.
Mascote do Troféu Artemio Franchi - França 1985.

n.d.
Mascote do Troféu Artemio Franchi - Argentina 1993.

Mascotes da Copa Rei Fahd
n.d.
Mascote da Copa Rei Fahd - Arábia Saudita 1992.

n.d.
Mascote da Copa Rei Fahd - Arábia Saudita 1995.

Mascotes da Copa das Confederações
n.d.
Mascote da Copa das Confederações - Arábia Saudita 1997.

n.d.
Mascote da Copa das Confederações - México 1999.

n.d.
Mascote da Copa das Confederações - Coreia do Sul / Japão 2001.

n.d.
Mascote da Copa das Confederações - França 2003.

n.d.
Mascote da Copa das Confederações - Alemanha 2005.

n.d.
Mascote da Copa das Confederações - África do Sul 2009.

Zakumi, o mascote da Copa do Mundo de 2010 na África do Sul - 19º Copa do Mundo Fifa
Zakumi - Mascote da da Copa das Confederações 2009 e Mascote da Copa do Mundo de 2010 na África do Sul

Fuleco - Mascote da Copa do Mundo de 2014 no Brasil - 20º Copa do Mundo
Fuleco - Mascote da da Copa das Confederações 2013 e da Copa do Mundo de 2014 no Brasil

n.d.
Mascote da Copa das Confederações - Rússia 2017.

n.d.
Mascote da Copa das Confederações - 2021.

Saiba mais:
Mascotes das Copas do Mundo
Mascotes dos Jogos Pan-Americanos
Todas as mascotes das Olimpíadas
Todos as mascotes da Copa América
Copa das Confederações

História da Copa das Confederações

A Copa das Confederações de Futebol da FIFA (Campeonato Mundial de Futebol FIFA) é um campeonato de futebol masculino realizado a cada quatro anos pela FIFA (Fédération Internationale de Football Association).

O torneio é disputado pelas seleções vencedoras dos campeonatos continentais de seleções (UEFA, Conmebol, Concacaf, CAF, AFC e OFC), além do mais recente campeão mundial e do país sede.

Originalmente, a competição foi organizada pela Arábia Saudita e recebeu o nome de Copa Rei Fahd (Copa dos Campeões das Confederações ou Campeonato Intercontinental). A Copa Rei Fahd foi disputada em 1992 e 1995 com a presença da seleção saudita e alguns campeões continentais. Em 1997, a FIFA assumiu a organização do torneio, renomeando-a Copa das Confederações com intervalos a cada dois anos.

As próximas edições da Copa das Confederações servirão de teste das cidades e estádios para as próximas Copas do Mundo: a Copa das Confederações no Brasil 2013 serviu de teste para a Copa do Mundo do Brasil de 2014, assim como os torneios da Rússia em 2017 e do Catar em 2011.

Saiba mais:
História da Copa das Confederações de Futebol

Copa das Confederações

História : Campeões : Sedes : Artilheiros : Curiosidades : Estatísticas : Cartazes : Troféus : Mascotes : Bolas : Seleções

Edições - Arábia Saudita 1992 : Arábia Saudita 1995 : Arábia Saudita 1997 : México 1999 : Coreia do Sul / Japão 2001: França 2003 : Alemanha 2005 : África do Sul 2009 : Brasil 2013 : Rússia 2017 : 2021 : 2025 : 2029 : 2033 : 2037

Copas de seleções - Mundialito - Uruguai 1980-1981 | Troféu Artemio Franchi - França 1985 : Argentina 1993

Tags: Mascotes da Copa das Confederações de futebol da Fifa | História da Copa das Confederações | Campeonato Mundial | Brasil na Copa das Confederações | Sedes da Copa das Confederações | Copa das Confederações

• Site oficial da Copa das Confederações de Futebol - FIFA.


Leia também

 

Que tal viajar para conhecer o maior cânion do Brasil em extensão?

Que tal viajar para Castro? Aproveite para conhecer o cânion Guartelá. Situado entre os municípios de Castro e Tibagi, no estado do Paraná, o Cânion Guartelá é o maior cânion do Brasil e o 6° maior do mundo em extensão. Confira no vídeo:

Fonte do vídeo: quetalviajar

Quem somos

O QuadroDeMedalhas.com é um site de todos os esportes. Fundado em 2006 por pessoas que gostam e admiram os mais diversos eventos esportivos. Confira aqui a programação, história, regras e as principais competições esportivas.


Contato

Sugestões? Informar erros? Dúvidas? Entre em contato.

Próximos Eventos Esportivos

Copa das Confederações - Rússia 2017
Copa das Confederações - Rússia 2017 Copa das Confederações
Pan-Americano - Lima 2019
Pan-Americano - Lima 2019 Jogos Pan-Americanos
Eurocopa 2020
Eurocopa 2020 Eurocopa