Futebol

Confira a história do Futebol e as principais competições.

Futebol

Copa do Brasil de Futebol

A Copa do Brasil é disputada desde 1989. É o segundo torneio de futebol mais importante do país, atrás apenas do Campeonato Brasileiro.



Tags: Curiosidades da Copa do Brasil de Futebol | Títulos da Copa do Brasil | Clubes | Cruzeiro | Grêmio | Corinthians | Flamengo | Sport | Fluminense | Paulista | Santo André | Juventude | Palmeiras | Internacional | Criciúma | Troféu

Home » Futebol » Campeonatos de Futebol » Copa do Brasil de Futebol » Curiosidades

Tags: Curiosidades da Copa do Brasil de Futebol | Tabela da Copa do Brasil | Gols da Copa do Brasil | História da Copa do Brasil | Todos os campeões da Copa do Brasil | Classificação da Copa do Brasil | Resultado da Copa do Brasil | Tabela dos jogos da Copa do Brasil | Jogo da Copa do Brasil | Próximo jogo da Copa do Brasil | Clubes da Copa do Brasil | Recordes da Copa do Brasil | Curiosidades da Copa do Brasil | Artilheiros da Copa do Brasil

• Site oficial da Confederação Brasileira de Futebol - CBF.

Curiosidades da Copa do Brasil de Futebol

Curiosidades da Copa do Brasil:
• O Grêmio e Cruzeiro são os maiores vencedores da Copa do Brasil, cada equipe tem quatro títulos. O Grêmio chegou à sete finais, enquanto o Cruzeiro disputou seis finais da Copa do Brasil.

• Os campeões invictos da Copa do Brasil são: Grêmio (1989, 1994 e 1997), Cruzeiro (2000 e 2003), Corinthians (1995), Criciúma (1991) e Flamengo (1990).

• Nas cinco primeiras edições o campeão de cada ano ficava com a taça. Desde a Copa do Brasil de 1994 o clube que vencesse o torneio por três vezes a partir daquela edição ficaria definitivamente com o troféu. O Grêmio conquistou este direito em 2001. De 2002 a 2007 a Copa do Brasil teve um novo troféu em disputa sem posse definitiva. O troféu foi substituído em 2008, criado pelo artista plástico Holoassy Lins de Albuquerque.

• Até 2015 nenhuma final da Copa do Brasil havia sido disputada nos pênaltis. O Palmeiras venceu o Santos na decisão da Copa do Brasil de 2015 na disputa de pênaltis. Fato inédito na história da competição.

• Apenas a Região Norte não teve representantes na final da Copa do Brasil. A Região Centro-Oeste ainda não venceu nenhuma edição, mas já esteve presente na final por duas vezes: em 1990 com o Goiás e em 2002 com o Brasiliense.

• O Sport Club do Recife foi o primeiro campeão nordestino da Copa do Brasil de Futebol. O "Leão da Ilha" venceu o Corinthians na final em 2008.

• Com 14 gols pelo Cruzeiro em 2005, Fred é o maior artilheiro numa única edição da Copa do Brasil.

• Alcindo do Flamengo marcou o primeiro gol da Copa do Brasil, na vitória por 2 a 0 sobre o Paysandu.

• O atacante Gérson foi três vezes artilheiro da Copa do Brasil de Futebol (1989 e 1991 pelo Atlético, e em 1992 pelo Internacional). Na maior goleada da história da Copa do Brasil, Gérson marcou cinco dos 11 gols do Atlético Mineiro na goleada de 11 a 0 sobre o Caiçara na Copa do Brasil de 1993.

• Atlético Mineiro 11 x 0 Caiçara. Esta é a maior goleada da história da Copa do Brasil. Este jogo foi realizado em 4 de março de 1991 na segunda partida da primeira fase. No primeiro confronto o Atlético Mineiro venceu por apenas 1 a 0 a equipe do Piauí. No histórico jogo de volta, o placar do Estádio Independência, em Belo Horizonte, parou de exibir o placar após 9 a 0 porque o mesmo só tinha um dígito por clube. Apesar da goleada o Atlético foi eliminado pela fase seguinte pelo Criciúma, clube que se sagrou campeão naquele ano.

• A maior soma de resultados numa mesma chave foi 15 a 1. O Internacional goleou o Ji-Paraná de Rondônia por 6 a 0 no jodo de ida e 9 a 1 na volta da primeira fase da Copa do Brasil de 1993. Ainda naquela edição não não havia a regra da classificação com determinado número de gols do visitante nas primeiras fases.

• André Lima (Botafogo), Dênis Marques (Atlético Paranaense) e Victor Simões (Figueirense) foram os artilheiros com menos gols numa única edição. Os três foram os artilheiros da Copa do Brasil de 2007 com cinco gols cada.

• Nas seis primeiras edições os clubes da Região Sul venceram quatro edições e participaram de cinco finais.

• Os clubes do Rio de Janeiro estiveram em cinco finais seguidas entre 2003 e 2007, sendo duas vezes campeões consecutivos e quatro vezes vice-campeões consectivos. Em 2006, Flamengo, Vasco e Fluminense foram os três primeiros lugares da Copa do Brasil.

• Remo 1 x 0 Corinthians - 47 minutos do Segundo Tempo. Escanteio para o Corinthians em Belém. O resultado classificava à equipe paraense para às quartas-de-final da Copa do Brasil de 1996. Bola na área e... gol contra do jogador Castor, um dos lances mais memoráveis da competição, principalmente para os torcedores do Remo e do Corinthians.

• Único representante maranhense da Copa do Brasil de 1997, o Bacabal, campeão estadual de 1996, desistiu uma semana antes do torneio, alegando falta de verbas. A vaga não foi preenchida por nenhum outro clube do Maranhão e o Fortaleza, adversário da Fase Preliminar, foi classificado automaticamente para a 1º Fase.

• Quatro irmãos e três primos da mesma família jogam no São Domingos Futebol Clube, equipe sergipana da cidade de São Domingos criada em 2004. O clube garantiu o direito de participar de sua primeira competição nacional ao vencer a Copa Governo do Estado de Sergipe de 2009. Na Copa do Brasil de 2010 o São Domingos foi eliminado na primeira fase pelo Sampaio Corrêa, mas o que chamou a atenção do país foi a história inusitada da família Siqueira e o clube sergipano. O goleiro Ivan, o zagueiro Nilson, o volante Marquinhos e o meia Queninho são filhos de Neilton Siqueira, zelador do campo do clube. Além deles, vestem a camisa do clube os primos Jaédson e Vaninho (laterais) e Dilto (atacante).

Curiosidades da Copa do Brasil (cont.):
• Em 1990 pela primeira vez uma equipe do Acre participou da competição. Atlético Clube Juventus, de Rio Branco.

• O primeiro título nacional de Luiz Felipe Scolari como treinador foi a conquista da Copa do Brasil pelo Criciúma em 1991. O técnico campeão do mundo pela Seleção Brasileira em 2002 comandou também as conquistas da Copa do Brasil de 1994 no Grêmio e 1998 no Palmeiras.

• O recorde de público da Copa do Brasil foi no jogo Botafogo 0 x 0 Juventude em 27 de junho de 1999. Assisitiram ao empate sem gols, que deu o título ao Juventude da Copa do Brasil em pleno Maracanã, 101.581 pessoas (90.917 pagantes)

• Além dos títulos de Criciúma, Juventude, Santo André e Paulista, a Copa do Brasil é palco de surpresas e zebras. Em 1994, o Linhares do Espírito Santo ficou em 3º lugar na Copa do Brasil. O Brasiliense chegou às finais de 2002 e a semifinal em 2007. O XV de Novembro chegou às semifinais em 2004, eliminado pelo campeão Santo André o XV passou por quatro clubes, entre eles o Vasco da Gama na Segunda Fase.

• Em 1992, participaram pela primeira vez na história da Copa do Brasil de Futebol os campeões estaduais do Amapá e de Rondônia. O Amapá Clube e o Ji-Paraná não passaram da primeira fase.

• Entre 2013 e 2015 a Copa do Brasil teve 87 participantes, número recorde da competição.

• Inicialmente a Copa do Brasil era disputada apenas por campeões e vice-campeões estaduais, mas em 1993 o Ceará Sporting Club foi indicado pela Federação Cearense de Futebol. A paralisação do Campeonato Cearense de 1992 obrigou a Federação Cearense indicar o clube de melhor campanha no estadual antes da paralisação. O campeonato cearense de 1992 teve quatro campeões (Ceará, Fortaleza, Icasa e Tiradentes). Na Copa do Brasil de 1993, o Ceará terminou em 5º lugar. No ano seguinte o clube cearense foi vice-campeão do torneio.

• A edição de 1990 foi a pior em média de público da Copa do Brasil: 6.281 pessoas por jogo. A edição também tem o recorde negativo de público pagante numa partida da competição. Apenas 91 pessoas pagaram para assistir a vitória de 1 a 0 do Rio Negro do Amazonas sobre o Juventus do Acre em Manaus.

• Em 1994 pela primeira vez na história da Copa do Brasil, o campeão tocantinense participou da competição. O Kaburé Esporte Clube surpreendeu ao eliminar o América Mineiro. Na Segunda Fase foi superado pelo Comercial do Mato Grosso do Sul.

• A Copa do Brasil de 1995 teve a inclusão da vantagem do visitante (primeiramente três gols ou mais e no ano seguinte, apenas dois) para se classificar automaticamente e a inclusão de clubes convidados devido à pressão para que a competição se tornasse mais rentável.

• Fundada em 2005 nos moldes da Universidade Sport Club (ex-Sport Club Ulbra), do Rio Grande do Sul, o Sport Club Ulbra Ji-Paraná foi tri-campeão do Campeonato Rondoniense (2006, 2007 2008). A conquista do tri do estadual dava o direito do Ulbra disputar a Copa do Brasil de 2009, mas a equipe suspendeu as atividades antes de disputar a competição nacional, cedendo a vaga para o Vilhena, vice-campeão estadual de Rondônia. A Ulbra-RO deu trabalho em suas duas participações da Copa do Brasil. Em 2007, eliminou surpreendemente o Santa Cruz na Primeira Fase, e deu trabalho para ser eliminada pelo Coritiba na fase seguinte. Em 2008, também foi páreo duro para a Portuguesa na Primeira Fase.

• A Copa do Brasil de Futebol Feminino foi criada em 2007.

História da Copa do Brasil de Futebol

A Copa do Brasil foi criada em 1989 e é atualmente o segundo torneio de futebol mais importante do país. Concebida nos moldes das Copas Europeias a competição integra todos os estados e o Distrito Federal do Brasil.

Entre as edições de 2001 a 2012 os clubes que participam da Copa Libertadores não disputaram a Copa do Brasil. Como o campeão da Copa do Brasil tinha vaga garantida na Copa Libertadores do ano seguinte, esta situação criou a impossibilidade de um mesmo clube vencer a Copa do Brasil por dois anos seguidos. O que ainda não havia ocorrido antes de 2001.

Em 1º de dezembro de 2011, a CBF confirmou o retorno da participação na Copa do Brasil dos clubes que disputam a Copa Libertadores no mesmo ano. Os clubes passaram a disputar os dois torneios a partir de 2013. A Copa do Brasil também teve outras mudanças como: aumento do número de participantes para 86, mais fases, maior duração do campeonato (de março a novembro) e a participação dos clubes que disputam a Libertadores em fases adiantadas.

Cruzeiro e Grêmio são os maiores vencedores da Copa do Brasil com cinco títulos da competição cada. O estado de São Paulo é o maior vencedor com nove conquistas da Copa do Brasil. A região com mais títulos é o Sudeste, 20 no total.

Saiba mais em:
História da Copa do Brasil de Futebol

Copa do Brasil de Futebol

História : Campeões : Clubes : Recordes : Curiosidades : Artilheiros : Troféu

Edições - 1989 : 1990 : 1991 : 1992 : 1993 : 1994 : 1995 : 1996 : 1997 : 1998 : 1999 : 2000 : 2001 : 2002 : 2003 : 2004 : 2005 : 2006 : 2007 : 2008 : 2009 : 2010 : 2011 : 2012 : 2013 : 2014 : 2015 : 2016 : 2017 : 2018 : 2019 : 2020 : 2021 : 2022 : 2023 : 2024 : 2025 : 2026 : 2027 : 2028


Leia também

 

Aeroportos Radicais! As pistas de pouso e decolagem mais extremas!

Conheça os aeroportos mais radicais do mundo. Selecionamos as pistas de pouso e decolagem mais extremas de todo o mundo. Estão incluídas as pistas que são curtas, arriscadas, aviões que passam sobre a sua cabeça na praia, pistas que cruzam ruas de veículos e com semáforos para o trânsito, pistas próximas a penhascos, montanhas, entre montanhas e o mar, construídas sobre pontes, no gelo e até em areia. Confira no vídeo:


Fonte do vídeo: quetalviajar

Quem somos

O QuadroDeMedalhas.com é um site de todos os esportes. Fundado em 2006 por pessoas que gostam e admiram os mais diversos eventos esportivos. Confira aqui a programação, história, regras e as principais competições esportivas.


Contato

Sugestões? Informar erros? Dúvidas? Entre em contato.

Próximos Eventos Esportivos

Pan-Americano - Lima 2019
Pan-Americano - Lima 2019 Jogos Pan-Americanos
Eurocopa 2020
Eurocopa 2020 Eurocopa
Copa das Confederações - 2021
Copa das Confederações 2021 Copa das Confederações