Futebol

Confira a história do Futebol e as principais competições.

Copa Libertadores da América - Foto: Mansoncc

Copa Libertadores da América

A Copa Libertadores (Taça Libertadores da América) é a principal competição de futebol interclubes da América. O torneio, organizado pela Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol), tem este nome em homenagem aos líderes da independência dos países americanos.



Tags: Artilheiros da Copa Libertadores da América 2008 | Artilheiros da Copa Santander Libertadores 2008 (antiga Taça Libertadores de América) | Artilheiros brasileiros | Primeira Fase | Artilheiros da Edição 2008 da Taça Libertadores

Home » Futebol » Campeonatos de Futebol » Copa Libertadores da América » 2008 » Artilheiros

Artilheiros da Copa Libertadores da América 2008

A LDU do Equador venceu o Fluminense no Maracanã nos pênaltis e conquistou a 49ª edição da Copa Libertadores. O torneio de clubes mais importante da América começou no dia 30 de janeiro com os jogos da Primeira Fase. Foram 38 equipes lutando pelo título que vale vaga para o Campeonato Mundial de Clubes da FIFA em dezembro.

Artilharia da da Copa Libertadores 2008

Resultado final

8 gols
Cabañas - América - México
Marcelo Moreno - Cruzeiro - Brasil

7 gols
Marioni - Atlas - México
Palermo - Boca Juniors - Argentina
Thiago Neves - Fluminense - Brasil
Abreu - River Plate - Argentina

6 gols
Molina e Kléber Pereira - Santos - Brasil
Adriano - São Paulo - Brasil
Washington - Fluminense - Brasil

5 gols
Biscayzacú - Colo-Colo - Chile
Ramires - Cruzeiro - Brasil
Urbano - Cúcuta - Colômbia
Marcinho - Flamengo - Brasil
Bolaños - LDU - Equador

4 gols
Palacio e Riquelme - Boca Juniors - Argentina
Dodô - Fluminense - Brasil
Sand - Lanús - Argentina
Pintos - Real Potosí - Bolívia
Falcao - River Plate - Argentina
Bergessio e Silvera - San Lorenzo - Argentina

3 gols
Esqueda - América - México
Leguizamón - Arsenal - Argentina
Villagra - Atlético Nacional - Colômbia
Orellana e Villanueva - Audax - Chile
Cícero e Conca - Fluminense - Brasil
Acosta - Lanús - Argentina
Bieler, Manso e Urrutia - LDU - Equador
González - San Lorenzo - Argentina
Botinelli - Universidad Católica - Chile

2 gols
Cervantes e Iñigo - América - México
Calderón e Bottaro - Arsenal - Argentina
Colotto e Flores - Atlas - México
Córdoba e Galván Rey - Atlético Nacional - Colômbia
Battaglia e Dátolo - Boca Juniors - Argentina
Vargas e Castellín - Caracas - Venezuela
Álvarez - Cerro Porteño - Paraguai
Salazar - Chicó - Colômbia
Ávila e Santana - Chivas - México
Vassallo - Cienciano - Peru
Guilherme e Wagner - Cruzeiro - Brasil
Verón e Desábato - Estudiantes - Argentina
Thiago Silva - Fluminense - Brasil
Guerrón - LDU - Equador
Cuevas - Libertad - Paraguai
Fornaroli e Richard Morales - Nacional - Uruguai
Candía - Real Potosí - Bolívia
Cerutti - San José - Bolívia
Lima - Santos - Brasil
Abente - Sportivo Luqueño - Paraguai
Gutierrez - Universidad Católica - Chile

1 gol
Higuaín, Mosqueda e Márquez - América - México
Biagini e Bottaro - Arsenal - Argentina
Achucarro, Medina, Torres e Mendivil - Atlas - México
Arrué e Valencia - Atlético Nacional - Colômbia
Brolin, Ramos e Romero - Audax - Chile
Cáceres, Gracián, Neri Cardoso e Paletta - Boca Juniors - Argentina
Rentería e Valencia - Caracas - Venezuela
Cabrera - Cerro Porteño - Paraguai
Caneo e Pacheco - Chicó - Colômbia
Arellano, Pineda, Rodríguez e Solís - Chivas - México
Guevara, Júlio García, Sawa e Solis - Cienciano - Peru
Barrios, Fierro, Jorquera, Moya e Rojas - Colo-Colo - Chile
Fabrício e Thiago Heleno - Cruzeiro - Brasil
Macnelly Torres - Cúcuta - Colômbia
Bardaro, Abelenda, Irala, Lembo e Malrechauffe - Danubio - Uruguai
Ferradas e García - Deportivo Cuenca - Equador
Pérez, Alayes, Benítez, Maggiolo, Lazzaro e Moreno - Estudiantes - Argentina
Bruno, Diego Tardelli, Juan, Léo Moura, Obina, Renato Augusto, Souza e Toró - Flamengo - Brasil
Gabriel e Roger - Fluminense - Brasil
Clavijo - La Paz - Bolívia
Blanco, Biglieri, Fritzler, Pelletieri, Valeri, Salomón e Velázquez - Lanús - Argentina
Campos, Méndez, Cancino e Obregón - LDU - Equador
Lopez, Olivera e Samudio - Libertad - Paraguai
Pereira e Dos Santos - Brasil - Mineros - Venezuela
Barone, Cardaccio, Liguera, Vera e Victorino - Nacional - Uruguai
Quiñonez - Olmedo - Equador
Loayza, Ribeiro, Suarez, Galindo e Tardio - Real Potosí - Bolívia
Abelairas, Archubi, Ortega, Rios e Rosales - River Plate - Argentina
García e Saucedo - San José - Bolívia
Romeo, Chavez e Torres - San Lorenzo - Argentina
Kléber, Domingos, Quiñonez e Trípodi - Santos - Brasil
Alex Silva, Aloísio, Dagoberto e Miranda - São Paulo - Brasil
Duarte, Esquível, Gigena, Hermosilla, Nuñez e Servin - Sportivo Luqueño - Paraguai
Figueroa, Mea Vitalli e Heiber Díaz - Unión Maracaibo - Venezuela
Medel - Universidad Católica - Chile
Leguizamon, Ovelarm, García e Silva - Universidad San Martín - Peru

Gols contra:
• Ayala do Atlas (México) para o Boca Juniors (Argentina)
• Cáceres do Boca Juniors (Argentina) para o Atlas (México)
• Canga do Deportivo Cuenca (Equador) para o Estudiantes (Argentina)
• Cervantes do América (México) para o River Plate (Argentina)
• Díaz do Arsenal (Argentina) para a LDU (Equador)
• Lancken do Unión Maracaibo (Venezuela) para o Colo-Colo (Chile)
• Ntamak do Chicó (Colômbia) para o Audax (Chile)

Todos os artilheiros da Copa Libertadores da América

Alberto Spencer, maior artilheiro da Copa Libertadores da América com 54 gols e Daniel Onega, maior artilheiro de uma única edição da Copa Libertadores da América com 17 gols pelo River Plate em 1966 Alberto Spencer do Peñarol é o maior goleador da Taça Libertadores. Nascido no Equador e naturalizado uruguaio, Alberto Pedro Spencer Herrera fez 54 gols entre 1960 a 1972, destes 48 gols marcados pelo Peñarol e 6 gols pelo Barcelona de Guayaquil. Spencer também foi o artilheiro da primeira edição da Copa Libertadores da América, marcando 7 gols pelo Peñarol em 1960. O maior artilheiro em uma única edição foi o argentino Daniel Onega, com 17 gols pelo River Plate em 1966. Confira a lista com todos os artilheiros da Copa Libertadores da América.

Copa Libertadores da América 2008 - Copa Santander Libertadores - Edição 2008

Clubes : Tabela : Primeira Fase : Segunda Fase (Grupos) : Oitavas : Quartas : Semifinal : Final : Brasileiros : Cruzeiro : Flamengo : Fluminense : Santos : São Paulo : Artilheiros : Jogos na TV

Copa Libertadores da América - Taça Libertadores de América

História : Campeões : Campeões Invictos : Clubes : Recordes : Curiosidades : Artilheiros : Estatísticas : Brasileiros : Troféu : Bolas oficiais

Edições - 1948 (Campeonato Sul-americano de Clubes Campeões) | 1960 : 1961 : 1962 : 1963 : 1964 : 1965 : 1966 : 1967 : 1968 : 1969 : 1970 : 1971 : 1972 : 1973 : 1974 : 1975 : 1976 : 1977 : 1978 : 1979 : 1980 : 1981 : 1982 : 1983 : 1984 : 1985 : 1986 : 1987 : 1988 : 1989 : 1990 : 1991 : 1992 : 1993 : 1994 : 1995 : 1996 : 1997 : 1998 : 1999 : 2000 : 2001 : 2002 : 2003 : 2004 : 2005 : 2006 : 2007 : 2008 : 2009 : 2010 : 2011 : 2012 : 2013 : 2014 : 2015 : 2016 : 2017 : 2018 : 2019 : 2020 : 2021 : 2022 : 2023 : 2024 : 2025 : 2026 : 2027 : 2028 : 2029 : 2030 : 2031 : 2032 : 2033

Site oficial da Copa Libertadores da América


Leia também

 

Que tal viajar para conhecer o maior cânion do Brasil em extensão?

Que tal viajar para Castro? Aproveite para conhecer o cânion Guartelá. Situado entre os municípios de Castro e Tibagi, no estado do Paraná, o Cânion Guartelá é o maior cânion do Brasil e o 6° maior do mundo em extensão. Confira no vídeo:

Fonte do vídeo: quetalviajar

Quem somos

O QuadroDeMedalhas.com é um site de todos os esportes. Fundado em 2006 por pessoas que gostam e admiram os mais diversos eventos esportivos. Confira aqui a programação, história, regras e as principais competições esportivas.


Contato

Sugestões? Informar erros? Dúvidas? Entre em contato.

Próximos Eventos Esportivos

Copa das Confederações - Rússia 2017
Copa das Confederações - Rússia 2017 Copa das Confederações
Pan-Americano - Lima 2019
Pan-Americano - Lima 2019 Jogos Pan-Americanos
Eurocopa 2020
Eurocopa 2020 Eurocopa