Copa São Paulo de Futebol Júnior (Copinha)

Taça São Paulo de Juniores | Competição de Futebol Masculino Sub-20

Copa São Paulo de Futebol Júnior (Copinha) Foto:Jimmy Baikovicius

Copa São Paulo de Futebol Júnior (Copinha)

A Copa São Paulo de Futebol Júnior, também chamada de Taça São Paulo de Juniores ou Copinha, é um torneio sub-20 disputado desde 1969.



Copa São Paulo de Futebol Júnior (Copinha)

Confira nesta página as informações da Copa São Paulo de Futebol Júnior - competição organizada pela Federação Paulista de Futebol (FPF) que inclui clubes de todo o Brasil e, eventualmente, de outros países. A Copinha é a "maior" competição de futebol júnior do Brasil, disputada por clubes juniores de todo o país.

Quando começou a Copa São Paulo de Futebol Júnior (Copinha)?

A Copa São Paulo de Futebol Júnior foi originalmente chamada de Taça São Paulo de Juniores. A competição criada em 1969 era parte dos Jogos Comemorativos de Fundação do Aniversário de São Paulo, promovidos por ocasião do 415º aniversário da cidade, e que incluía também a disputa de outras modalidades além do futebol, como: basquete, futebol de salão, handebol e pedestrianismo (caminhada).

Para o torneio de futebol a prefeitura de São Paulo desejava realizar um torneio entre os clubes profissionais do município para a promoção dos Jogos. Entretanto, os atletas profissionais dos clubes estavam em período de férias. A solução foi criar um campeonato para a categoria juvenil. Na primeira edição da "Copinha" apenas quatro equipes paulistanas participaram: Corinthians, Palmeiras, Juventus e Nacional. Realizado em apenas dois dias com três jogos (dois das semifinais disputados na véspera do aniversário da cidade e a final no dia 25 de janeiro) no Centro Educacional e Esportivo Vicente Ítalo Feola, no bairro da Vila Nova Manchester, o Corinthians venceu Nacional e se sagrou o primeiro campeão da Copinha.

O Corinthians além de ser o primeiro campeão da Copa São Paulo de Futebol Júnior também é o maior vencedor do torneio com dez títulos; seguido do Fluminense, com cinco; e São Paulo e Internacional, com quatro títulos cada. Alguns clubes que foram campeões brasileiros na categoria profissional ainda não venceram a Copinha como: Palmeiras (dez títulos do Campeonato Brasileiro e nenhum da Copinha); Bahia, Botafogo e Grêmio (dois Campeonatos Brasileiros cada); Athletico Paranaense, Coritiba e Sport (um Campeonato Brasileiro cada). Alguns clubes venceram a Copinha, mas ainda não conquistaram a primeira divisão do Campeonato Brasileiro: Ponte Preta, Nacional-SP, Portuguesa, Juventus-SP, América-SP, América Mineiro, Paulista, Roma Barueri, Marília, Santo André e Figueirense.

A Copa São Paulo de Futebol Júnior foi organizada pela Secretaria Municipal de Esportes da Prefeitura de São Paulo até a edição de 1986. No ano seguinte, o então prefeito Jânio Quadros decidiu cancelar o evento devido aos custos da Taça São Paulo (que já era disputada por 32 clubes). O torneio voltou a ser disputado em 1988, desta vez uma parceria da Secretaria de Esportes do Estado de São Paulo e a Federação Paulista de Futebol (FPF). Desde 2010, a Federação Paulista de Futebol (FPF) passou a organizar sozinha a competição.

Tradicionalmente, a Copa São Paulo de Futebol Júnior é disputada para que a final seja disputada em 25 de janeiro (dia do aniversário da cidade de São Paulo). A primeira edição que foi disputada em apenas dois passou a ser jogada em quase todo o mês de janeiro. Em algumas edições a Copinha começou no final do ano anterior e em outras ocasiões foi disputada antes do aniversário da cidade: 19 de janeiro em 1989 e 6 de março em 1971. As edições de 1980, 1981 e 1982 foram decididas em dezembro do ano anterior!

A primeira equipe fora da capital a disputar o torneio foi o Santos, na segunda edição da Copinha em 1970. No ano seguinte, o torneio foi ampliado e passou a incluir equipes de outros estados. A primeira edição com 11 equipes paulistas e cinco equipes de outros estados.

A Copinha é um torneio que serve como revelação de grandes jogadores, por este motivo que muitos "olheiros", jornalistas, torcedores e empresários aguardam-na com muita atenção. A Copa São Paulo de Futebol Júnior é uma oportunidade de descoberta de novos talentos do futebol brasileiro.

Equipes estrangeiras também participaram da Copinha. O Providencia do México foi o primeiro clube fora do país a participar da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Além desta equipe mexicana outros clubes estrangeiros participaram da Copinha: os argentinos Vélez Sarsfield (1981 e 1982) e Boca Juniors (1993), os japoneses Nagoya Grampus (1994), Yomiuri Verdy (1996) e Kashiwa Reysol (2014), o Bayern de Munique da Alemanha (1985), o Universidad de Guadalajara do México (1988), o Cerro Porteño do Paraguai (1994 e 1997), o Peñarol do Uruguai (1993), o Al-Hilal da Arábia Saudita (2010) e a Academia de Futebol Pérolas Negras (2016 e 2017) - equipe de futebol haitiana com sede em Resende-RJ, criada por uma ONG após o terremoto que devastou o país em 2010. Também participaram a Seleção Japonesa Sub-20 (1995) e a Seleção Chinesa Sub-20 (1997). O melhor desempenho de uma equipe ou seleção estrangeira foi a do Kashiwa Reysol em 2014. O clube japonês foi o único entre os estrangeiros a passar da Primeira Fase. O Kashiwa Reysol ficou em segundo lugar em seu grupo, mas foi eliminado pelo Santos na Segunda Fase.

Em 2010 a FPF mudou o regulamento. A competição naquela edição passou a admitir apenas atletas da categoria sub-18. O torneio passou a ser chamado de Copa São Paulo de Futebol Sub-18. Em 2013 o torneio voltou a ser disputado por equipes sub-20.

Saiba mais em:
História da Copa São Paulo de Futebol Júnior (Copinha)

Todos os campeões da Copa São Paulo de Futebol Júnior (Copinha)

Qual é o clube com mais títulos da Copa São Paulo de Futebol Júnior? Qual é o maior campeão da Copinha? Quem tem mais títulos da Copa SP? Confira a lista dos campeões da Copa São Paulo de Futebol Júnior.

Ano - Campeão - Placar da Final - Vice-campeão - Estádio da Final
1969 - Corinthians 1 x 0 São Paulo - Nacional-SP - Centro Esportivo Vicente Ítalo Feola
1970 - Corinthians 4 x 2 São Paulo - Palmeiras - Centro Esportivo Vicente Ítalo Feola
1971 - Fluminense 4 (4) x 4 (3) Botafogo-RJ - Centro Educacional de Pirituba
1972 - Nacional-SP 2 x 1 Internacional - Estádio do Pacaembu
1973 - Fluminense 2 x 0 Corinthians - Parque São Jorge
1974 - Internacional 2 x 1 Portuguesa - Estádio do Pacaembu
1975 - Atlético Mineiro 0 (5) x 0 (3) Ponte Preta - Estádio do Pacaembu
1976 - Atlético Mineiro 1 x 0 Corinthians - Parque São Jorge
1977 - Fluminense 2 x 1 Ponte Preta - Estádio do Morumbi
1978 - Internacional 0 (5) x 0 (4) Corinthians - Estádio do Pacaembu
1979 - Marília 2 x 1 Fluminense - Estádio do Canindé
1980 - Internacional 3 x 0 Atlético Mineiro - Estádio do Pacaembu
1981 - Ponte Preta 1 x 0 São Paulo - Estádio do Pacaembu
1982 - Ponte Preta 2 x 1 Santos - Estádio do Pacaembu
1983 - Atlético Mineiro 2 x 1 Botafogo-SP - Estádio Palestra Itália
1984 - Santos 2 x 1 Corinthians - Estádio do Canindé
1985 - Juventus 1 x 0 Guarani - Estádio do Pacaembu
1986 - Fluminense 2 x 0 Ponte Preta - Estádio do Pacaembu
1987 - Não foi disputada
1988 - Nacional-SP 3 x 0 América - Estádio Olímpico da USP do CEPEUSP
1989 - Fluminense 1 x 0 Juventus - Estádio do Pacaembu
1990 - Flamengo 1 x 0 Juventus - Estádio do Pacaembu
1991 - Portuguesa 4 x 0 Grêmio - Estádio do Pacaembu
1992 - Vasco da Gama 1 (5) x 1 (3) São Paulo - Estádio do Pacaembu
1993 - São Paulo 4 x 3 Corinthians - Estádio do Pacaembu
1994 - Guarani 1 (3) x 1 (0) São Paulo - Estádio do Pacaembu
1995 - Corinthians 3 x 2 Ponte Preta - Estádio do Canindé
1996 - América Mineiro 2 x 1 Cruzeiro - Estádio do Pacaembu
1997 - Lousano Paulista* 1 (4) x 1 (3) Corinthians - Estádio do Canindé
1998 - Internacional 1 (4) x 1 (3) Ponte Preta - Estádio do Morumbi
1999 - Corinthians 1 x 0 Vasco da Gama - Estádio do Pacaembu
2000 - São Paulo 2 x 1 Juventus - Estádio do Pacaembu
2001 - Roma Barueri** 4 (6) x 4 (5) São Paulo - Estádio do Pacaembu
2002 - Portuguesa 1 x 0 Cruzeiro - Estádio do Canindé
2003 - Santo André 2 (5) x 2 (3) Palmeiras - Estádio do Pacaembu
2004 - Corinthians 2 x 0 São Paulo - Estádio do Pacaembu
2005 - Corinthians 3 x 1 Nacional-SP - Estádio do Pacaembu
2006 - América-SP 0 (3) x 0 (1) Comercial - Estádio do Pacaembu
2007 - Cruzeiro 1 (6) x 1 (5) São Paulo - Estádio do Pacaembu
2008 - Figueirense 2 x 0 Rio Branco - Estádio Nicolau Alayon
2009 - Corinthians 2 x 1 Paraná Atlético Paranaense - Estádio do Pacaembu
2010 - São Paulo 1 (3) x 1 (0) Santos - Estádio do Pacaembu
2011 - Flamengo 2 x 1 Bahia - Estádio do Pacaembu
2012 - Corinthians 2 x 1 Fluminense - Estádio do Pacaembu
2013 - Santos 3 x 1 Goiás Goiás - Estádio do Pacaembu
2014 - Santos 2 x 1 Corinthians - Estádio do Pacaembu
2015 - Corinthians 1 x 0 Botafogo-SP - Estádio do Pacaembu
2016 - Flamengo 2 (4) x 2 (3) Corinthians - Estádio do Pacaembu
2017 - Corinthians 2 x 1 Batatais - Estádio do Pacaembu
2018 - Flamengo 1 x 0 São Paulo - Estádio do Pacaembu
2019 - São Paulo 2 (3) x 2 (1) Vasco da Gama - Estádio do Pacaembu
2020 - Internacional 1 (3) x 1 (1) Grêmio
2021 -

* Em 1990, o Paulista Futebol Clube, conhecido popularmente como Paulista de Jundiaí, mudou seu nome para Lousano Paulista, após a parceria com a Lousano Indústria de Condutores Elétricos Ltda. No ano seguinte, o clube mudou de nome, após a parceria com a Parmalat, passando a se chamar Etti Jundiaí. Com o fim desta parceria em 2002, o clube voltou a se chamar Paulista Futebol Clube, após um plebiscito realizado em Jundiaí.
** O Roma Barueri atualmente se chama Roma Esporte Clube e está sediado na cidade paulista de Itapetininga.

Saiba mais em:
Campeões da Copa São Paulo de Futebol Júnior (Copinha)



Títulos da Copa São Paulo de Futebol Júnior (Copinha) por equipe:
De 1969 a 2020

10 títulos - Corinthians
5 títulos - Fluminense e Internacional
4 títulos - Flamengo e São Paulo
3 títulos - Atlético Mineiro e Santos
2 títulos - Nacional-SP, Ponte Preta e Portuguesa
1 título - América Mineiro, América-SP, Cruzeiro, Figueirense, Guarani, Juventus, Marília, Paulista*, Roma**, Santo André e Vasco da Gama

* O Paulista era chamado de Lousano Paulista quando foi campeão da Copinha em 1997. O clube mudou de nome para Etti Jundiaí no ano seguinte, mas voltou a ser chamado de Paulista em 2002.
* O Roma Esporte Clube era chamado de Roma Barueri quando foi campeão da Copinha em 2001. Atualmente o clube está sediado na cidade paulista de Itapetininga.



Títulos da Copa São Paulo de Futebol Júnior (Copinha) por Estado:
De 1969 a 2020

Estado - Títulos (Porcentagem de títulos)
São Paulo - 30 títulos (58,8%)
Rio de Janeiro - 10 títulos (19,6%)
Minas Gerais - 5 títulos (9,8%)
Rio Grande do Sul - 5 títulos (9,8%)
Santa Catarina - 1 título - (2,0%)



Títulos da da Copa São Paulo de Futebol Júnior (Copinha) por Região:
De 1969 a 2020

Região - Títulos (Porcentagem de títulos)
Sudeste* - 45 títulos (88,2%)
Sul - 6 títulos (11,8%)
Nordeste - 0 títulos (0%)
Centro-Oeste - 0 títulos (0%)
Norte - 0 títulos (0%)

Saiba mais em:
Campeões da Copa São Paulo de Futebol Júnior (Copinha)

Artilheiros da Copa São Paulo de Futebol Júnior (Copinha)

Quem é o maior artilheiro da Copa São Paulo de Futebol Júnior? Qual jogador fez mais gols em uma única edição da Copinha? Confira a lista dos artilheiros da de futebol da Copa São Paulo de Futebol Júnior.

Saiba mais em:
Artilheiros da Copa São Paulo de Futebol Júnior (Copinha)

Curiosidades da Copa São Paulo de Futebol Júnior (Copinha):
• O Cruzeiro e o Santo André aplicaram as maiores goleadas da Copa São Paulo de Futebol Júnior. O Cruzeiro goleou o Vasco de Itapecerica por 14 a 0 em 20 de Outubro de 1973, partida válida pela Copa São Paulo de Futebol Júnior de 1974, que foi disputada de outubro de 1973 a 25 de janeiro de 1974. O Santo André também venceu por incríveis 14 a 0 o Santana do Amapá em 9 de janeiro de 2010 pela Copa SP de 2010.
• Em algumas edições as partidas tinham duração de dois tempos de 40 minutos.
• O torneio que começou com apenas quatro equipes disputando a Taça São Paulo em dois dias passou a ter mais 100 participantes. A Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2019 teve 128 clubes disputando o título.
• O Flamengo venceu todas as quatro decisões que disputou (1990, 2011, 2016 e 2018). O clube carioca é a única equipe com mais de dois títulos que venceu todas as finais da Copinha.
• O único ano que a Copinha não foi disputada foi em 1987. O prefeito Jânio Quadros alegou falta de recursos para a realização do torneio, que até então era organizado pela prefeitura de São Paulo.
• Nem sempre a decisão da Copa São Paulo de Futebol Júnior foi realizada no dia 25 de janeiro. Em alguns casos a competição terminou no ano anterior: A edição de 1981 foi curiosamente finalizada em 23 de dezembro de 1980, assim como a Copa SP de 1982 conheceu seu campeão em 19 de dezembro de 1981. A Copinha de 1983 terminou em 18 de dezembro de 1982. A disputa da Copa São Paulo chegou a ser decidida em 19 de janeiro (1989), 20 de janeiro (1979, 1980 e 1985), 22 de janeiro (1984), 23 de janeiro (1976 e 1977), 24 de janeiro (1988), 26 de janeiro (1986, 1991 e 1997), 31 de janeiro (1990). Em duas ocasiões a Copinha foi decidida após o final de janeiro. Em 1975 foi concluída em 21 de fevereiro e em 1971 a decisão da Copinha foi em 6 de março!
• A Supercopa São Paulo de Futebol Júnior foi realizada em 1994 e em 1995. O torneio foi disputado apenas pelo campeões e vices de edições anteriores. A Atlético Mineiro venceu a primeira edição e o Palmeiras (vice-campeão de 1970) a segunda. O Palmeira que nunca venceu a Copinha já venceu a Supercopinha!
• Em 1977 a decisão da Copa SP entre Ponte Preta e Fluminense serviu como preliminar do amistoso entre a Seleção Brasileira e a Bulgária. Também foi a primeira decisão da Copinha no Estádio do Morumbi.
• Só em quatro edições os times paulistas não estiveram presentes nas finais. Fluminense (campeão) e Botafogo (vice-campeão) em 1971; Internacional (campeão) e Atlético Mineiro (vice-campeão) em 1980; América Mineiro (campeão) e Cruzeiro (vice-campeão) em 1996; e Flamengo (campeão) e Bahia (vice-campeão) em 2011.
• Em nove edições, o Campeão da Copinha teve 100% de aproveitamento nos seus jogos: Atlético Mineiro em 1976: em 3 partidas; Internacional em 1980: 6 partidas; Portuguesa em 1991: 9 partidas; Corinthians em 1999: 7 partidas; São Paulo em 2000: 7 partidas; Corinthians em 2012: 8 partidas; Santos em 2014: 8 partidas; Corinthians em 2015: 8 partidas; e Corinthians em 2017: 9 partidas.
• • Em 2011, o Bahia foi o primeiro clube do Nordeste a chegar à final da Copa SP. O Bahia também foi o primeiro clube nordestino a participar da Copinha.
• O primeiro clube do Centro-Oeste a chegar à final da Copinha foi o Goiás, em 2013.
• Apenas cinco estados venceram a Copa São Paulo de Futebol Júnior: São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Os estados do Paraná, Bahia e Goiás chegaram à final, mas não venceram a competição. Apenas clubes do Sudeste e Sul venceram a Copa SP. Os clubes do Centro-Oeste e Nordeste chegaram à final em uma edição cada. Nenhum representante da Região Norte chegou à final da Copinha até o presente momento.

Saiba mais em:
Curiosidades da Copa São Paulo de Futebol Júnior (Copinha)

Tags: Copa São Paulo de Futebol Júnior | Tabela da Copa São Paulo de Futebol Júnior | Gols da Copa São Paulo | História da Copa SP | Todos os campeões da Copinha | Classificação da Copa SP | Resultado e tabela dos jogos da Taça São Paulo | Clubes da Copinha | Recordes da Copa SP | Curiosidades da Copa São Paulo | Artilheiros da Copa SP | Tabela da Copinha) | Gols da Copinha | História da Copa São Paulo de Futebol Júnior | Todos os campeões da Copa São Paulo de Futebol Júnior | Classificação da Copa SP | Resultado da Copa São Paulo | Tabela dos jogos da Copinha | Jogo da Copa São Paulo | Próximo jogo da Copa São Paulo de Futebol Júnior | Clubes da Copa São Paulo | Recordes da Copinha | Curiosidades da Copinha) | Artilheiros da Copinha | Jogadores revelados na Copinha | Revelações da Copa SP | Quem se destacou na Copa SP | Nomes curiosos da Copa São Paulo | Artilheiro da Copinha

• Site oficial da Federação Paulista de Futebol (FPF).

Copa São Paulo de Futebol Júnior (Copinha)

História : Campeões : Campeões Invictos : Clubes : Clubes estrangeiros : Curiosidades : Artilheiros : Estatísticas : Troféu : Bola oficial : Video game : Jogos na TV : Jogos na Internet : Jogos no Rádio : Notícias : Fotos : Vídeos : Estádios : Premiação : Árbitros : Jogadores : Nomes curiosos : Treinadores : Assistências : Ingressos : Uniformes e Camisas

Edições da Copa São Paulo de Futebol Júnior (Copinha) - 1969 : 1970 : 1971 : 1972 : 1973 : 1974 : 1975 : 1976 : 1977 : 1978 : 1979 : 1980 : 1981 : 1982 : 1983 : 1984 : 1985 : 1986 : 1987 (cancelada) : 1988 : 1989 : 1990 : 1991 : 1992 : 1993 : 1994 : 1995 : 1996 : 1997 : 1998 : 1999 : 2000 : 2001 : 2002 : 2003 : 2004 : 2005 : 2006 : 2007 : 2008 : 2009 : 2010 : 2011 : 2012 : 2013 : 2014 : 2015 : 2016 : 2017 : 2018 : 2019 : 2020 : 2021 : 2022 : 2023 : 2024 : 2025 : 2026


Leia também

 

Curso de Trader Esportivo

Você já imaginou fazer da sua paixão uma fonte de renda? Aprenda a operar na melhor casa de trade esportivo do mundo, do básico ao avançado, desde o processo de criação da conta, até a as operações financeiras. Saiba como se transformar num especialista de Trader Esportivo!


Faça agora o Curso Trader Esportivo

Quem somos

O QuadroDeMedalhas.com é um site de todos os esportes. Fundado em 2006 por pessoas que gostam e admiram os mais diversos eventos esportivos. Confira aqui a programação, história, regras e as principais competições esportivas.


Contato

Sugestões? Informar erros? Dúvidas? Entre em contato.

Próximos Eventos Esportivos

Eurocopa 2020
Eurocopa 2020 Eurocopa