História da Copa Sul-Americana

Copa Conmebol Sul-Americana | Copa Sudamericana | Copa Conmebol Sudamericana

Final da Copa Sul-Americana de 1999 - Foto: Rodrigo Pérez M

História da Copa Sul-Americana

A Copa Sul-Americana (Copa Sudamericana) é a segunda competição interclubes mais importante da América do Sul.



História da Copa Sul-Americana
A Copa Sul-Americana ("Copa Sudamericana" em espanhol) é considerada uma continuação da Copa Conmebol, que foi disputada entre 1992 e 1999. A Sul-Americana substituiu as copas Mercosul e Merconorte, que por sua vez substituíram a Copa Conmebol e a Supercopa Sul-Americana.

A Copa Conmebol ou Taça Conmebol foi uma das um dos torneios precursores da atual Copa Sul-Americana e foi disputada entre 1992 a 1999 por 16 equipes em sistema eliminatório. A classificação para a competição era similar ao formato adotado pela Copa da UEFA, onde os clubes que disputam esta competição europeia não fazem parte da Champions League. O sistema adotado na América do Sul foi semelhante. Os clubes que não conseguiam vaga na Libertadores tinha a chance de disputar uma vaga na Taça Conmebol. Sistema adotado também na Copa Sul-Americana.

A Supercopa Sul-Americana também chamada de Supercopa João Havelange ou Supercopa Libertadores foi uma competição que reunia os campeões da Libertadores da América. Ela foi disputada entre 1988 e 1997, e assim como a Copa Conmebol ela foi substituída pela Copa Mercosul.

A Copa Mercosul (Copa Mercosur em espanhol) foi disputada entre 1998 e 2001 por clubes dos países membros do Mercado Comum do Sul (Mercosul) Argentina, Brasil, Chile, Paraguai e Uruguai. Já a Copa Merconorte foi criada no mesmo ano para a disputa dos países Sul-Americanos fora do Mercosul na época (Colômbia, Equador, Peru, Bolívia e Venezuela). Apesar do nome nunca houve um bloco econômico chamado 'Merconorte'. Esta competição também contou com a presença de clubes convidados dos Estados, México e Costa Rica. As duas competições foram substituídas pela Copa Sul-Americana em 2002.

O San Lorenzo da Argentina foi o primeiro campeão da Copa Sul-Americana. Esta edição não contou com clubes brasileiros, que alegaram problemas de calendário e também não valorizaram a competição em seus primeiros anos. A Copa Sul-Americana não foi muito valorizado nos primeiros anos de disputa pelos grandes clubes brasileiros. A classificação de brasileiros para a Sul-Americana envolveu o Ranking de Clubes da CONMEBOL até a edição de 2004; atualmente ela se dá apenas ao mérito esportivo obtido na temporada anterior.

Desde a criação da Copa Sul-Americana, em 2002, o campeão da Sul-Americana disputa a Recopa Sul-Americana no ano seguinte contra o campeão da Copa Libertadores da América. A partir de 2010, o campeão da Copa Sul-Americana garante vaga para a edição seguinte da Copa Libertadores da América.

O maior e único bicampeão da competição é o Boca Juniors (2004 e 2005). Três clubes brasileiros conquistaram a Copa Sul-Americana: Internacional (2008), São Paulo (2012) e Chapecoense (2016)*

* A Chapecoense foi declarada campeã da Copa Sul-Americana de 2016. O clube catarinense faria a final da Copa Sul-Americana contra o Atlético Nacional da Colômbia. O avião que transportava a equipe, comissão técnica e dirigentes da Chapecoense, além de jornalistas e convidados para o primeiro jogo da final na Colômbia caiu próximo à cidade de Medellín na noite de 28 de novembro de 2016, madrugada do dia 29 de novembro no horário de Brasília. Apenas três jogadores da Chapecoense sobreviveram à queda do avião, além de um jornalista e dois tripulantes. O Voo LaMia 2933 tornou-se o maior acidente aéreo da história de uma delegação esportiva e o maior do jornalismo brasileiro. Consternado, o clube colombiano enviou um pedido à Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) para que fosse reconhecido o título da Copa Sul-Americana 2016 à Chapecoense. Em 5 de dezembro de 2016, a Chapecoense foi declarada campeã do torneio pela Conmebol, o que garantiu ao clube catarinense as vagas na Libertadores 2017, Recopa Sul-Americana 2017 e Copa Suruga Bank 2017; e pelo menos US$ 4,8 milhões em premiações. O Atlético Nacional recebeu da Conmebol o prêmio "Centenário da Conmebol ao Fair Play", além da quantia de US$ 1 milhão por este prêmio e mais US$ 1 milhão pelo vice-campeonato da Sul-Americana 2016.

Copa Sul-Americana

História : Campeões : Campeões Invictos : Clubes : Clubes brasileiros : Curiosidades : Artilheiros : Assistências : Estatísticas : Brasileiros : Troféu : Bola oficial : Video game : Jogos na TV : Jogos na Internet : Jogos no Rádio : Notícias : Fotos : Vídeos : Estádios : Premiação : Árbitros : Jogadores : Nomes curiosos : Treinadores : Ingressos : Uniformes e Camisas

Edições - 2002 : 2003 : 2004 : 2005 : 2006 : 2007 : 2008 : 2009 : 2010 : 2011 : 2012 : 2013 : 2014 : 2015 : 2016 : 2017 : 2018 : 2019 : 2020 : 2021 : 2022 : 2023 : 2024 : 2025 : 2026 : 2027 : 2028 : 2029 : 2030 : 2031 : 2032 : 2033 : 2034

Site oficial da Copa Sul-Americana

Tags: Copa Sul-Americana | Copa Conmebol Sul-Americana | Copa Sudamericana | Copa Conmebol Sudamericana | Clubes brasileiros na Sul-Americana | Campeões da Copa Sul-Americana | Edição da Taça Sul-Americana



 

Cidades do Brasil mais procuradas para viajar no Verão de 2021

O Ministério do Turismo (MTur) realizou a Pesquisa de Sondagem Empresarial com as agências de viagens e listou os dez destinos brasileiros mais procurados para esta temporada de verão. Saiba quais são as dez cidades mais procuradas pelos brasileiros para o verão 2020-2021.


Fonte: Que Tal Viajar?

Quem somos

O QuadroDeMedalhas.com é um site de todos os esportes. Fundado em 2006 por pessoas que gostam e admiram os mais diversos eventos esportivos. Confira aqui a programação, história, regras e as principais competições esportivas.


Contato

Sugestões? Informar erros? Dúvidas? Entre em contato.

Sites recomendados

Gattopardo Pro - Mentoria e Análise de Desempenho Digital
Cadê Meu Táxi?
Qual DDD?
Qual DDI?
Quadro de Medalhas
Qual TV por Assinatura
Que Tal Viajar
Só Passagem de Avião
Só Passagem de Ônibus
Tudo de Carros

Próximos Eventos Esportivos

Eurocopa 2020
Eurocopa 2020 Eurocopa