Futebol

Confira a história do Futebol e as principais competições.

Final da Copa Sul-Americana de 1999 - Foto: Rodrigo Pérez M

História da Copa Sul-Americana

A Copa Sul-Americana (Copa Sudamericana) é a segunda competição interclubes mais importante da América do Sul. A Sul-Americana substituiu as copas Mercosul e Merconorte, que por sua vez substituíram a Copa Conmebol e a Supercopa Sul-Americana.



História da Copa Sul-Americana
A Copa Sul-Americana ("Copa Sudamericana" em espanhol) é considerada uma continuação da Copa Conmebol, que foi disputada entre 1992 e 1999.

A Copa Conmebol ou Taça Conmebol foi uma das um dos torneios precursores da atual Copa Sul-Americana e foi disputada entre 1992 a 1999 por 16 equipes em sistema eliminatório. A classificação para a competição era similar ao formato adotado pela Copa da UEFA, onde os clubes que disputam esta competição europeia não fazem parte da Champions League. O sistema adotado na América do Sul foi semelhante. Os clubes que não conseguiam vaga na Libertadores tinha a chance de disputar uma vaga na Taça Conmebol. Sistema adotado também na Copa Sul-Americana.

A Supercopa Sul-Americana também chamada de Supercopa João Havelange ou Supercopa Libertadores foi uma competição que reunia os campeões da Libertadores da América. Ela foi disputada entre 1988 e 1997, e assim como a Copa Conmebol ela foi substituída pela Copa Mercosul.

A Copa Mercosul (Copa Mercosur em espanhol) foi disputada entre 1998 e 2001 por clubes dos países membros do Mercado Comum do Sul (Mercosul) Argentina, Brasil, Chile, Paraguai e Uruguai. Já a Copa Merconorte foi criada no mesmo ano para a disputa dos países Sul-Americanos fora do Mercosul na época (Colômbia, Equador, Peru, Bolívia e Venezuela). Apesar do nome nunca houve um bloco econômico chamado 'Merconorte'. Esta competição também contou com a presença de clubes convidados dos Estados, México e Costa Rica. As duas competições foram substituídas pela Copa Sul-Americana em 2002.

O San Lorenzo da Argentina foi o primeiro campeão da Copa Sul-Americana. Esta edição não contou com clubes brasileiros, que alegaram problemas de calendário e também não valorizaram a competição em seus primeiros anos. A Copa Sul-Americana não foi muito valorizado nos primeiros anos de disputa pelos grandes clubes brasileiros. A classificação de brasileiros para a Sul-Americana envolveu o Ranking de Clubes da CONMEBOL até a edição de 2004; atualmente ela se dá apenas ao mérito esportivo obtido na temporada anterior.

Desde a criação da Copa Sul-Americana, em 2002, o campeão da Sul-Americana disputa a Recopa Sul-Americana no ano seguinte contra o campeão da Copa Libertadores da América. A partir de 2010, o campeão da Copa Sul-Americana garante vaga para a edição seguinte da Copa Libertadores da América.

O maior e único bicampeão da competição é o Boca Juniors (2004 e 2005). Três clubes brasileiros conquistaram a Copa Sul-Americana: Internacional (2008), São Paulo (2012) e Chapecoense (2016)*

* A Chapecoense foi declarada campeã da Copa Sul-Americana de 2016. O clube catarinense faria a final da Copa Sul-Americana contra o Atlético Nacional da Colômbia. O avião que transportava a equipe, comissão técnica e dirigentes da Chapecoense, além de jornalistas e convidados para o primeiro jogo da final na Colômbia caiu próximo à cidade de Medellín na noite de 28 de novembro de 2016, madrugada do dia 29 de novembro no horário de Brasília. Apenas três jogadores da Chapecoense sobreviveram à queda do avião, além de um jornalista e dois tripulantes. O Voo LaMia 2933 tornou-se o maior acidente aéreo da história de uma delegação esportiva e o maior do jornalismo brasileiro. Consternado, o clube colombiano enviou um pedido à Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) para que fosse reconhecido o título da Copa Sul-Americana 2016 à Chapecoense. Em 5 de dezembro de 2016, a Chapecoense foi declarada campeã do torneio pela Conmebol, o que garantiu ao clube catarinense as vagas na Libertadores 2017, Recopa Sul-Americana 2017 e Copa Suruga Bank 2017; e pelo menos US$ 4,8 milhões em premiações. O Atlético Nacional recebeu da Conmebol o prêmio "Centenário da Conmebol ao Fair Play", além da quantia de US$ 1 milhão por este prêmio e mais US$ 1 milhão pelo vice-campeonato da Sul-Americana 2016.

Copa Sul-Americana

História : Campeões : Campeões Invictos : Clubes : Recordes : Curiosidades : Artilheiros : Estatísticas : Brasileiros : Troféu : Bolas oficiais

Edições - 2002 : 2003 : 2004 : 2005 : 2006 : 2007 : 2008 : 2009 : 2010 : 2011 : 2012 : 2013 : 2014 : 2015 : 2016 : 2017 : 2018 : 2019 : 2020 : 2021 : 2022 : 2023 : 2024 : 2025 : 2026 : 2027 : 2028 : 2029 : 2030 : 2031 : 2032 : 2033

Site oficial da Copa Sul-Americana

Tags: Copa Sul-Americana | Copa Conmebol Sul-Americana | Copa Sudamericana | Copa Conmebol Sudamericana | Clubes brasileiros na Sul-Americana | Campeões da Copa Sul-Americana | Edição da Taça Sul-Americana


Leia também

 

Aeroportos Radicais! As pistas de pouso e decolagem mais extremas!

Conheça os aeroportos mais radicais do mundo. Selecionamos as pistas de pouso e decolagem mais extremas de todo o mundo. Estão incluídas as pistas que são curtas, arriscadas, aviões que passam sobre a sua cabeça na praia, pistas que cruzam ruas de veículos e com semáforos para o trânsito, pistas próximas a penhascos, montanhas, entre montanhas e o mar, construídas sobre pontes, no gelo e até em areia. Confira no vídeo:


Fonte do vídeo: quetalviajar

Quem somos

O QuadroDeMedalhas.com é um site de todos os esportes. Fundado em 2006 por pessoas que gostam e admiram os mais diversos eventos esportivos. Confira aqui a programação, história, regras e as principais competições esportivas.


Contato

Sugestões? Informar erros? Dúvidas? Entre em contato.

Próximos Eventos Esportivos

Pan-Americano - Lima 2019
Pan-Americano - Lima 2019 Jogos Pan-Americanos
Eurocopa 2020
Eurocopa 2020 Eurocopa
Copa das Confederações - 2021
Copa das Confederações 2021 Copa das Confederações